Dia D contra a gripe tem movimentação intensa, mas sem tumulto

Roger Pereira


A maioria dos 34 postos de vacinação que estão abertos neste sábado em Curitiba registra grande movimentação, com a formação de filas desde o início da manhã. O atendimento, no entanto é realizado com tranqüilidade, e o tempo de espera não passa de meia hora.  Apesar de hoje ser considerado o Dia D de vacinação, quem não conseguir ir a um dos postos neste sábado pode procurar uma unidade básica de saúde a partir de segunda-feira para receber sua dose.

A diretora do Centro de Epidemiologia da Secretaria, Juliane Oliveira, afirma que Curitiba já recebeu 300 mil doses da vacina e ainda deve receber novos lotes, que são enviados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o que garante a vacinação de todos os públicos definidos pelo Ministério da Saúde. Ela lembra que os grupos contemplados na campanha de vacinação contra a gripe são definidos pelo Ministério da Saúde, conforme recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Esta definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe.

Têm direito a receber a vacina contra a gripe pelo Sistema Único de Saúde as pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a até 5 anos incompletos, gestantes em qualquer período; mulheres que tiveram bebês há menos de 45 dias; trabalhadores da saúde e pessoas portadoras de doenças crônicas com indicação, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde.

Documentos

Para receber a vacina em qualquer uma das unidades de saúde de Curitiba, as pessoas devem levar os seguintes documentos:

– Idosos: carteira de identidade;

– Crianças de seis meses a menores de 5 anos de idade: registro de nascimento ou carteira de identidade, além da carteira de vacinação;

– Grávidas: basta informar ser gestante, independentemente da época da gestação;

– Mulheres até 45 dias após o parto: deverá apresentar qualquer documento que comprove o parto (certidão de nascimento, carteirinha de gestante, documento do hospital onde ocorreu o parto, etc);

– Profissionais de saúde das redes pública e privada: serão vacinados, prioritariamente, nos hospitais ou nas unidades básicas de saúde onde atuam, ou nos postos de vacinação, mediante identificação profissional. Trabalhadores de clínicas e consultórios que atendem casos suspeitos de gripe devem levar a declaração do médico responsável pelo serviço onde atua, com a indicação da vacina.

– Portadores de doenças crônicas: as pessoas deverão levar a solicitação ou prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina (categoria de risco clínico). Pacientes acompanhados pelo SUS devem fazer a vacinação na unidade onde são acompanhados.

 

Veja os portadores de doenças crônicas que têm direito de receber a vacina pelo SUS:

Asma em uso de corticóides inalatório ou sistêmico (Moderada ou Grave);

DPOC;

Bronquiectasia;

Fibrose cística;

Doenças Intersticiais do pulmão;

Displasia broncopulmonar;

Hipertensão arterial pulmonar;

Crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade.

Doença cardíaca congênita;

Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade;

Doença cardíaca isquêmica;

Insuficiência cardíaca.

Doença renal nos estágios 3, 4 e 5;

Síndrome nefrótica;

Paciente em diálise.

Atresia biliar;

Hepatites crônicas;

Cirrose.

Doença neurológica crônica, em condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica;

Considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes, incluindo: AVC, indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla e condições similares;

Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular;

Deficiência neurológica grave.

Diabetes Mellitus tipo I e Tipo II em uso de medicamentos;

Imunodeficiência congênita ou adquirida;

Imunossupressão por doenças ou medicamentos.

Obesidade grau III.

Transplantados de órgãos sólidos;

Transplantados de medula óssea.

Portadores de trissomias: síndrome de Down, de Klinefelter, de Wakany e outras trissomias.

 

Locais de vacinação

Amanhã, dia 30 de abril, é o Dia D de vacinação contra a gripe. Em Curitiba, 34 postos de vacinação estarão funcionando para atender os que se enquadram nos critérios do Ministério da Saúde para grupos de risco.

 

SANTA FELICIDADE

US CAMPINA DO SIQUEIRA – Rua General Mario Tourinho, esquina com Martim Afonso – 8h às 17h

US SANTA FELICIDADE – Avenida Via Vêneto, 10 – Santa Felicidade – 8h às 17h

 

BOA VISTA

US PILARZINHO – Rua Amauri Lange Silvério, 1251 – Pilarzinho – 8h às 17h

US BAIRRO ALTO – Rua Jornalista Alceu Cichorro, 314 – Bairro Alto – 8h às 17h

US BACACHERI – Avenida Erasto Gaertner, 797 – Bacacheri – 8h às 17h

US SANTA CÂNDIDA – Avenida Paraná, 5050 – Santa Cândida – 8h às 17h

US MEDIANEIRA – Avenida Anita Garibaldi, 2652 – São Lourenço – 8h às 17h

US BARREIRINHA – Rua Santa Gema Galgani, 353 – Barreirinha – 8h às 17h

US ABAETÉ – Rua Delegado Miguel Zacarias, 403 – Boa Vista – 8h às 17h

US HIGIENÓPOLIS – Rua Santa Madalena Sofia Barat, 725 – Higienópolis – 8h às 17h

 

BOQUEIRÃO

US MENONITAS – Rua Domício da Costa, 52 – 8h às 17h

US TAPAJÓS – Rua André Ferreira Camargo s/n – 8h às 17h

US ÉRICO VERÍSSIMO – Rua Expedicionário Francisco Pereira dos Santos, 510 – 8h às 17h

UPA BOQUEIRÃO – Rua Professora Maria Assumpção, 2.590 – 8h às 17h (A vacinação na UPA Boqueirão será feita apenas no sábado, Dia D da campanha, nos outros dias, a vacinação é feita exclusivamente nas unidades básicas de saúde)

US WALDEMAR MONASTIER – Rua Romeu Bach, 80 – 8h às 17h

US MORADIAS BELÉM – Rua Cezinando Dias Parede, 1096 – Boqueirão – 8h às 17h

 

PORTÃO

US VILA GUAÍRA – Rua São Paulo s/n°, esquina com Rua Augusto de Mari – 8h às 17h

SUPERMERCADO ANGELONI – Avenida República Argentina, 900 – Água Verde – 9h às 17h

 

PINHEIRINHO

US VILA MACHADO – Rua Laudelino Ferreira Lopes, 2959 – Pinheirinho – 8h às 17h

SHOPPING POPULAR – Avenida República Argentina, 5259 – Novo Mundo – 8h às 17h

SUPERMERCADO MUFFATO-PORTÃO – Rua Eduardo Carlos Pereira, 3605 – Portão – 9h às 17h

 

CAJURU

US IRACEMA – Rua Professor Nivaldo Braga, 130 – 8h às 17h

 

MATRIZ

US OUVIDOR PARDINHO – Rua 24 de Maio s/n – Praça Ouvidor Pardinho – 8h às 17h

US MÃE CURITIBANA – Rua Jaime Reis, 331 – São Francisco – 8h às 17h

 

BAIRRO NOVO

US COQUEIROS – Rua Coronel Victor Agner Kendrick, 80 – 8h às 17h

 

CIC

US OSWALDO CRUZ – Rua Pedro Gusso, 3497 CIC – 8h às 17h

US CAIUÁ – Rua Arnaldo Ferreira Vellozo, 200 – 8h às 17h

US NOSSA SENHORA DA LUZ – Rua Emídio Nonato da Silva, 45 – 8h às 17h

US BARIGUI – Rua Arthur Martins Franco, 5.516 – 8h às 17h

US JARDIM GABINETO – Rua Eng. João Visinoni, 458 – 8h às 17h

 

TATUQUARA

US MONTEIRO LOBATO – Rua Olívio José Rossetti, s/n, Tatuquara – 8h às 17h

US RIO BONITO – Rua Fanny Bertoldi, 170 Campo do Santana – 8h às 17h

US DOM BOSCO – Rua Angelo Tozin, 100 – Campo do Santana – 8h às 17h

US CAXIMBA – Rua Delegado Bruno de Almeida, 7881 Caximba – 8h às 17h

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="355296" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]