Banida, Rússia tenta competir no atletismo no Rio

Redação


O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou na terça (19), aquilo que chamou de “medidas provisórias” sobre o escândalo de doping na Rússia, revelado pelo relatório do Comitê Executivo da Agência Mundial Antidoping e que resultaria na exclusão total da Rússia dos Jogos Olímpicos.

O comitê afirmou que avaliará a situação observando as “opções legais” envolvendo um eventual banimento de todos os russos da Olimpíada. A entidade também deve considerar a decisão do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) sobre a situação dos russos do atletismo. O TAS deve julgar no próximo dia 21 de julho o recurso de 68 atletas que ainda lutam contra a exclusão.

“O COI irá avaliar cuidadosamente o relatório. Irá explorar as opções legais no que diz respeito a um banimento coletivo de todos os atletas russos versus o direito de justiça individual. A esse respeito, o COI  levará em consideração a decisão do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), a ocorrer em 21 de julho, considerando as regras da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), bem como o Código Mundial Antidoping  e a Carta Olímpica”.

Com informações da Agência Brasil

Previous ArticleNext Article