Bens de Youssef voltam a ser leiloados na próxima semana

Andreza Rossini


Os imóveis do doleiro Alberto Youssef, réu na operação Lava Jato, vão a leilão novamente na próxima segunda-feira (13). O primeiro pregão realizado no dia 30 de maio terminou sem lances. Desta vez, os bens que ficam em Salvador e no Rio de Janeiro terão redução de 50% do valor inicial avaliado, chegando a cerca de R$ 3 milhões.

A maioria dos bens apreendidos e leiloados na Lava Jato tem sido arrematada apenas na segunda rodada, que oferece desconto. No Rio de Janeiro, o leilão é referente a um complexo composto por cinco imóveis unificados, com área de aproximadamente 1.600 metros quadrados, localizado no Campo de São Cristóvão.

O lance inicial será de R$ 1,5 milhão. Em Salvador, a Justiça Federal determinou que seja leiloada uma parte que pertence a uma empresa do doleiro Alberto Youssef, no Connect Smart Hotel, que fica em um bairro nobre da cidade. Durante o leilão serão oferecidos oito lotes de R$ 167 mil e um lote de R$ 220 mil. O pregão será realizado apenas pela internet, por meio deste site.

Alberto Youssef, delator da Lava Jato, está preso na carceragem da Polícia Federal (PF), em Curitiba, desde 17 março de 2014. Ele é acusado de ser um dos principais operadores financeiros de um esquema de lavagem de dinheiro envolvendo a Petrobras e que teria movimentado cerca de R$ 10 bilhões.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="363833" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]