Padrão (nao usar)
Compartilhar

Família de menino encontrado foi identificada, diz imprensa paraguaia

Segundo o portal de notícias Central Santa Rita, do Paraguai,  uma adolescente de 17 anos, que foi apreendida, seria a m..

Jordana Martinez - 26 de outubro de 2017, 14:59

Segundo o portal de notícias Central Santa Rita, do Paraguai,  uma adolescente de 17 anos, que foi apreendida, seria a mãe do menino de um ano encontrado perambulando pelas ruas de Cascavel, no oeste do Paraná. Segundo a postagem, a irmã da adolescente confirmou que a criança é sobrinho dela, mas negou que a irmã fosse capaz de vender o próprio filho.

"Ele foi visitar o Brasil. Pelo celular eu descobri o que estava acontecendo ", explicou.

De acordo com as investigações, o menino teria sido vítima de tráfico internacional de crianças para adoção no Brasil. Ainda segundo o site, Maria Paraguaia teria recebido 700 reais para entregar a criança a um casal brasileiro. Sem os documentos necessários, a criança foi devolvida e Maria Paraguaia teria inventado a história de que encontrou o menino abandonado na rua.

Maria Paraguaia segue detida na 15ª Subdivisão Policial de Cascavel e após a nova audiência de custódia deve ser transferida para uma penitenciária.

O menino está sob cuidados do Conselho Tutelar e não apresenta ferimentos ou sinais de abusos. Para garantir que a criança seja entregue para a pessoa certa, quem foi identificado como ou pai será submetido ao exame de DNA. Os responsáveis devem ser interrogados. Há a possibilidade de a criança ser encaminhada para adoção.

Paraná registra 80 denúncias de tráfico de pessoas só em 2017

FBI resgata 84 menores em operação contra tráfico de pessoas

O tráfico internacional de pessoas prevê reclusão de 4 a 8 anos, e multa. No entanto, a pena é aumentada de um terço até a metade se o crime for cometido contra uma criança.

Capturar