Partidos têm quase todas as alianças definidas em Curitiba

Roger Pereira


Da BandNews FM Curitiba

O prazo para encerramento das convenções municipais, para os partidos indicarem os candidatos a prefeituras, vice e vereadores, termina na próxima sexta-feira, dia 5.

Até sexta estão marcadas convenções do PDT, do prefeito e candidato à reeleição Gustavo Fruet, do PP, de Maria Victória; do PSB, DEM, PMB, Solidariedade, PCdoB, PT e PPS.

Algumas coligações ainda não oficializaram as indicações de nomes para vice dos candidatos à prefeitura de Curitiba.

O PSB, que já anunciou apoio a Rafael Greca, do PMN, tem convenção hoje (quarta). O Partido da Mulher Brasileira realiza a convenção partidária amanhã (quinta).

O PMB já anunciou que vai apoiar candidatura do Partido Progressista à prefeitura de Curitiba, que apresenta Maria Victória como pré-candidata.

Também amanhã (quinta) ocorrem as convenções do PDT de Gustavo Fruet; do PP de Maria Victória; e do PC do B, que deve apoiar Ney Leprevost, do PSD.

Na sexta-feira ocorre a convenção do PT, que concorre com chapa pura, e do PPS, que deve apoiar Fruet. Com isso, são cinco os partidos que vão compor a coligação do candidato à reeleição, que inclui além do PDT e PPS, PV, PTB e PRB.

O candidato à vice na chapa de Fruet pode ser Marcelo Almeida, do PV, já que o PSC decidiu hoje (quarta) apoiar Ney Leprevost, com a indicação do médico oftalmologista João Guilherme para vice da chapa do PSD. O vice de Fruet só deve ser anunciado amanhã (quinta) ao longo do dia ou durante a convenção à noite.

Do outro lado da disputa, o PMN de Rafael Greca ainda não oficializou o nome do vice na chapa, mas já é dada como certa a indicação pelo PSDB de Eduardo Pimentel Slaviero, um dos assessores mais próximos do governador Beto Richa.

Uma candidatura que já chegou a ser descartada, do deputado Fernando Francischini, também pode ser decidida nos próximos dias. Por pressão do Solidariedade nacional, Francischini pode ser indicado como candidato. Nesse caso, o filho dele, deputado Felipe Francischini, não seria mais o vice de Maria Victória.

A convenção do SD será amanhã (quinta). Na segunda-feira passada, o PMDB oficializou a condidatura de Requião Filho, com Jorge Bernardi, do Rede, como vice na chapa.

Com a convenção na próxima sexta, o PT confirmou o nome do deputado Tadeu Veneri na disputa pela prefeitura e deve concorrer com chapa pura, sem alianças.

O vice na chapa de Veneri deve ser o advogado Nasser Ahmad Allan, sócio do escritório da vice-prefeita de Curitiba Mirian Gonçalves.

Em convenção no sábado passado, o PRTB lançou a candidatura de Luciano Pizzato à prefeitura, mas ainda não há um nome para vice. O PR também fechou apoio ao PP de Maria Victória.

A Frente de Esquerda, da chapa PSOL / PCB, foi a primeira a registrar candidaturas no Tribunal Regional Eleitoral, com a advogada Xênia Melo como candidata à prefeitura.  O PROS decidiu pela candidatura de Ademar Pereira, e o PRP terá Afonso Rangel.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="376660" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]