Padrão (nao usar)
Compartilhar

Patrocinadores largam nadador norte-americano que mentiu sobre assalto

O nadador norte-americano Ryan Lochte já começou a sentir o peso da peça que tentou pregar nas autoridades brasileiras q..

Redação - 22 de agosto de 2016, 15:27

O nadador norte-americano Ryan Lochte já começou a sentir o peso da peça que tentou pregar nas autoridades brasileiras quando mentiu sobre um suposto assalto que ele e mais alguns membros da equipe de natação teriam sofrido e que tentaram forjar. Uma das suas maiores patrocinadoras, a australiana Speedo, anunciou nesta segunda-feira (22) à rede ABC que rompeu seu contrato com Lochte. Além da Speedo, a Ralph Lauren também não renovará contrato.

A ABC News divulgou uma nota oficial da empresa, que afirmou não poder  "compactuar com o comportamento do atleta, apesar de anos de parceria", disse a nota.

"A Speedo EUA anuncia hoje a decisão de acabar com o patrocínio de Ryan Lochte. Como parte dessa decisão, Speedo EUA vai doar uma parte $ 50.000 do dinheiro de Lochte a Save the Children, um parceiro de caridade mundial da empresa-mãe da Speedo EUA, para crianças no Brasil. Embora tenhamos desfrutado de uma relação vencedora com Ryan por mais de uma década, em que ele foi um membro importante da equipe, não podemos tolerar um comportamento que é contrária aos valores desta marca há muito tempo. Agradecemos suas realizações e esperamos que ele siga em frente e aprenda com esta experiência".

Já a Ralph Lauren também tirou o time e anunciou que não irá renovar o contrato com o atleta.

"A Ralph Lauren continua a apoiar o time americano com orgulho. E valoriza os atletas que vestem a nossa marca. O contrato específico com Ryan Lochte, feito especificamente para a Rio 2016, não será renovado".