Pesquisa da Fecomércio aponta que 76% das mães do Paraná devem ganhar presentes na próxima semana

Francielly Azevedo


Com BandNews FM Curitiba

Pelo menos 76% dos filhos pretendem presentear as mães no domingo da semana que vem, dia 14. Segundo um levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná divulgado nesta quarta-feira (03), o índice é 5% maior que o registrado no ano passado. Em 2015, a porcentagem chegou a 78%. Na pesquisa mais recente, foram ouvidos 300 consumidores em Curitiba, entre os dias 24 de abril e 2 de maio, uma amostragem da intenção de compra em todo o Estado.

Na avaliação do Diretor de Planejamento e Gestão da Fecomércio-PR, Rodrigo Rosalém, a vontade de presentear já é um indício de recuperação da economia. “Pelo menos, no sentido do otimismo do consumidor e do empresário, a gente já tem visto esse movimento. Esses pequenos sinais do termômetro da economia estão mostrando que algo tende a melhorar. Depois de uma queda que teve no ano passado em relação a 2015, a gente volta a ter um aumento no número de pessoas que pretendem presentear suas mães”, conta.

O desejo de presentear a mãe cresceu de um ano para o outro, no entanto, o preço do presente será menor. Segundo o levantamento, a média gasta pelos paranaenses deve ser de R$ 101,30. No Dia das Mães do ano passado, o valor ficou em torno de R$ 104. Segundo Rosalém, os comerciantes já preparam muitas promoções e descontos para a data.

“Na verdade a gente começa esse apelo para promoção um pouco mais perto da data. Esse efeito do saldão, efeito dos descontos maiores, aquele apelo final para o consumidor, têm que acontecer mais próximo da data a partir do início da semana que vem. Mas certamente isso ocorrerá e o consumidor pode buscar boas oportunidades e bons descontos nesse período”, ressalta.

Produtos

De acordo com a pesquisa da Fecomércio-PR, 42% dos paranaenses pretendem presentar a mãe com roupas, bolsas ou calçados. Na sequência vem perfumes e cosméticos, com 23%, e acessórios, com 10%. Cerca de 8% preferem dar o dinheiro no valor do presente. Outros 4% devem dar eletrodomésticos, 3% livros e 10% afirmaram que dariam outra coisa fora da listagem da pesquisa.

Previous ArticleNext Article
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.
[post_explorer post_id="428811" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]