Projeto deve aumentar em 74% a produtividade do café em três anos

Mariana Ohde


Por Emater

Aumentar a produtividade do café da média de 23 sacas por hectare para 40 sacas por hectare e reduzir o custo variável de R$326,00 para R$250,00. Estes são alguns dos objetivos de um projeto que a Emater começa neste ano a realizar em parceria com a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural –Anater– em 30 municípios paranaenses e envolvendo o atendimento a 1 mil produtores.

Durante toda esta semana, de 23 a 27 de outubro, técnicos das duas organizações envolvidos diretamente com o projeto estão reunidos em Londrina para definir a metodologia a ser usada no atendimentos às famílias que serão atendidas nos próximos três anos e o planejamento conjunto das ações.

O projeto é considerado piloto e é o primeiro termo de parceria de instrumentos de trabalho assinado entre a Emater a a Anater.

Instituída com o Pacto nacional de fortalecimento da assistência técnica e extensão rural, por adesão entre União, estados e distrito federal, a Nova Ater busca a excelência em serviços de Ater promovendo a ampliação e qualificação no atendimento ao beneficiário com uma visão comunitária, configurando-se um marco histórico no meio rural. Trata-se de um novo formato de parceria entre a União e os Estados que traz uma nova perspectiva de assistência ao agricultor familiar e ao pequeno produtor rural.

Através do Projeto Piloto a Anater, em parceria com as emateres, visa qualificar as ações de Ater e contribuir para melhoria da qualidade de vida das famílias rurais assistidas, viabilizando o acesso à cidadania e às políticas públicas de desenvolvimento rural.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal