Inscrições para o concurso de redação preparatório para o Enem estão abertas

Conteúdo patrocinado

O concurso tem como objetivo incentivar os vestibulandos para leitura e produção de texto
concurso, redação, preparação, concurso preparatório, enem, exame nacional do ensino médio, enem 2020, ensino superior, educação, educa mais brasil, bolsa de estudo

Estão sendo disponibilizadas cerca de 18.500 vagas para estudantes interessados em participar do 45° Concurso de Redação desenvolvido pelo Instituto Aipi, em parceria com a rede Sincroniza Educação. O concurso é voltado para estudantes do ensino médio regular de escolas públicas de todo o Brasil e as inscrições podem ser realizadas até o dia 29 de outubro, pelo site do projeto.

O concurso tem como objetivo incentivar os vestibulandos para leitura e produção de texto com o intuito de fazer com que eles conquistem um bom desempenho no Enem. As redações serão corrigidas por professores especialistas que utilizarão os mesmos critérios exigidos na prova do Enem. O tema dessa edição será: “Como cada pessoa pode ser um cidadão ativo para mudar a realidade à sua volta?”, relacionado aos objetivos de desenvolvimentos sustentáveis da ONU.

Após preencher o formulário de inscrição os candidatos terão acesso a 24 videoaulas, caso necessitem de treinamento para escrever a redação.

O primeiro colocado na competição receberá uma premiação em vale-compras para livros e materiais didáticos no valor de R$ 1.500; o segundo no valor de R$ 1 mil e o terceiro no valor de R$ 500. Além disso, os 100 melhores terão acesso gratuito por um ano a videoaulas e correções de textos em uma plataforma de redação.

A premiação também se estende para as escolas de origem dos participantes. As três escolas com maior participação de alunos, por exemplo, ganharão doação de livros até o valor de R$5.000,00. Já os 20 professores com mais alunos inscritos no concurso ganharão um curso on-line de treinamento para correção de redações no modelo Enem. Mais informações podem ser encontradas no edital.

*com informações da Agência de Notícias do Acre

Fonte: E+B Educação | Géssica Santos

Previous ArticleNext Article