Conheça plataformas para fazer videoconferência no período de isolamento social

Conteúdo patrocinado

videoconferência

Desde que os primeiros casos do Covid-19, o novo coronavírus foram noticiados e diversas medidas de segurança precisaram ser adotadas, a vida e rotina da população sofreu diversas mudanças. O isolamento social se tornou uma das maiores contenções ao vírus e com isso, diversos trabalhadores adotaram o regime home office para continuar trabalhando e escolas e instituições de ensino passaram a usar as aulas a distância através das videoconferências.

Se para alguns, as chamadas por vídeo já faziam parte do dia a dia, para muitos o uso deixou de ser algo casual. O que contribuiu para uma busca recorde “videoconferência” no buscador do Google. De acordo com o site, ainda neste mês de abril em todo o mundo, o interesse pelo termo está sendo quatro vezes superior à média mensal dos últimos 16 anos.

E não é preciso muita coisa para fazer uma vídeochamada, basta apenas um dispositivo com acesso à internet, com um microfone, embutido ou não, e uma câmera. Lembrando que é necessário ficar apenas atento ao contexto que ela ser feita.

Para uma reunião de trabalho, por exemplo, é necessário ficar atento ao espaço em que será mostrado na câmera e qual a roupa que se estar usando, pois, mesmo com toda informalidade, é preciso lembrar que é seu momento de trabalho.

Aplicativos para fazer videoconferências

WhatsApp: querido para conversas privadas ou em grupo, o aplicativo também permite a realização de videochamadas ilimitadas. É possível fazer chamadas simultâneas com até quatro pessoas, desde que elas estejam em um mesmo grupo. O aplicativo é visto como uma ferramenta mais de uso pessoal, só requer um pouco mais de atenção ao fato se você quer ou não repassar o seu número de telefone, necessário para fazer uso do aplicativo e conectar as pessoas.

Zoom: mais usado em conversas corporativas, o Zoom conecta até 100 pessoas numa mesma conversa. O aplicativo é disponível para downloads nos sistemas operacionais Android e iOS, além da versão dos navegadores de internet. Na versão gratuita, é possível fazer videoconferências em grupos de até 40 minutos, entre duas pessoas não há limite de tempo.

Skype: um dos mais conhecidos para a realização de chamadas por vídeo, o Skype permite a presença de até 50 pessoas numa mesma ligação. Se precisar fazer uma reunião, mostrando a tela do seu computador ou celular com a apresentação, a plataforma disponibiliza a função de modo gratuito.

Facebook Menssenger: a ferramenta de troca de mensagens do Facebook, disponível para os sistemas Android, iOS e na versão para web, permite a conversa de até 50 pessoas ao mesmo tempo. Só é necessário que todas também estejam em um mesmo grupo.

Hangouts: sistema de bate-papo do Google, permite chamadas de vídeo sem cobrança de valores com até 10 pessoas simultaneamente. Na versão para celular, o aplicativo integra a agenda de contatos, mostrando automaticamente quem também está cadastrado. Também é possível conversas em texto por celular, como compartilhar imagens, gifs e figurinhas.

JustTalk: o aplicativo permite videoconferência com até 16 pessoas simultaneamente em celulares com sistema Android. Já usuários do iOS podem realizar chamadas com até 50 pessoas ao mesmo tempo. Nele as conversas tendem a ser mais descontraídas, tendo em vista que é possível adicionar efeitos ao vídeo, como desenhas ou mudanças do fundo da imagem. No JustTalk também é permitido jogar em tempo real com os amigos.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Previous ArticleNext Article