Patrocinados Patrocinado
Compartilhar

Consciência Negra: internet ecoa vozes que ajudam no combate ao racismo

Na vida off-line, a história da brasileira Silvana Cotrim é pura inspiração. Aos 40 anos, a mãe, mulher negra, nascida n..

Conteúdo patrocinado - 20 de novembro de 2020, 15:34

Cheerful woman using laptop and smartphone. Attractive young businesswoman talking by cell phone and using laptop computer in outdoor cafe. Remote work concept
Cheerful woman using laptop and smartphone. Attractive young businesswoman talking by cell phone and using laptop computer in outdoor cafe. Remote work concept

Na vida off-line, a história da brasileira Silvana Cotrim é pura inspiração. Aos 40 anos, a mãe, mulher negra, nascida no interior de São Paulo, voltou a estudar e se formou na faculdade de Gestão de Recursos Humanos. Dona Silvana é o verdadeiro retrato de muitos cidadãos que, assim como ela, podem ressignificar suas histórias.

Hoje, aposentada, ela trabalha voluntariamente para combater a evasão escolar, principalmente entre os negros que, em suas palavras e percepção, “são as pessoas que mais abandonam os estudos”. Entre suas ações, vai de escola em escola da sua região para conversar com estudantes e incentivá-los a continuarem estudando.

“Onde moro foi a última cidade do Brasil a aceitar a libertação dos escravos e isso ainda tem um peso muito grande na cidade. Então quem a gente percebe que saiu da escola são os negros. Por isso a gente também faz um trabalho de revalorização da história dele, dizendo que a única maneira que você tem de resgatar tudo isso é estudando, crescendo na vida. Aí a gente consegue que eles voltem e que consigam ajuda para as dificuldades”, relata.

Com a pandemia, o ativismo de Silvana passou a ser mais no universo virtual. Com a ajuda do Coletivo Negra Visão, ela tem realizado transmissões ao vivo no Instagram abordando temáticas que ajudam a resgatar a autoestima das pessoas negras.

Atualmente, com a crescente adesão às redes sociais, está mais fácil aprender sobre diversos assuntos seguindo perfis de pessoas comprometidas a compartilhar histórias e informações acerca de diversas abordagens sociais. Para ajudar quem quer manter-se bem informado sobre o assunto, separamos alguns perfis, em ordem alfabética, que valem a pena a visita.

Black Influence

Fundado pelo agente de influenciadores pretos Ricardo Silvestre, o perfil promove a conexão de influenciadores, artistas e criadores de conteúdo pretos ou periféricos.

Djamila Ribeiro

Djamila tornou-se conhecida no país por seu ativismo na Internet. Ela é filósofa, feminista negra, escritora e acadêmica brasileira.

Gabi de Pretas

Gabi Oliveira é formada em Comunicação e aborda temas ligados às questões raciais e beleza. A influencer participou do Brazil Conference at Harvard & MIT, nos Estados Unidos, e venceu o Prêmio Influenciadores Digitais.

Pam Nascimento

Pâmela é atriz e porta-voz de questões do feminismo negro. Por seu trabalho, venceu o Prêmio Microinfluenciadores Digitais 2019, na categoria Ativismo.

PlanAfros

O PlanAfros se define como canal de conteúdo audiovisual, que produz, cria e co-cria com a periferia. Em seu perfil, os conteúdos abordam filmes e criações artísticas negras.

Trace Brasil

Trace é um canal de TV fechado e o seu perfil aborda conteúdos e produções sobre a cultura afro, jovem e urbana no Brasil.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil