Dicas Enem 2019: psicóloga orienta candidato a driblar a ansiedade

Conteúdo patrocinado

Nota do exame pode ser usada para ingressar no ensino superior
dicas, dicas enem, semana, enem 2019, exame, graduação, prouni, sisu, bolsa de estudo, inep, mec, psicóloga, nervosismo, ansiedade, graduação, ensino superior


Chegou o momento de relaxar. A recomendação pode parecer estranha na semana mais importante para os candidatos do Enem 2019, mas é uma das dicas mais importantes. No entanto, é preciso, sim, reduzir a pressão para cérebro e fazer escolhas que promovam maior descanso para o cérebro. Atualmente, o Enem faz parte do calendário de estudos de quem deseja cursar uma faculdade porque, ao conseguir uma boa pontuação na prova, é possível realizar o sonho de ingressar em um curso de graduação. Por isso, a concorrência é grande.

Com a aproximação das provas, é comum sentir nervosismo e, até mesmo, ansiedade, já que o resultado do rendimento na avaliação pode decidir o futuro do estudante. No entanto, sintomas aparentemente simples como agitação e dor de barriga indicam que o corpo precisa de descanso. Por isso, a psicóloga e docente do curso de Psicologia da Universidade Cruzeiro do Sul, Ksdy Sousa, dá algumas dicas. Ela defende que, antes da prova, o ócio é mais importante do que a revisão. “Geralmente, recomenda-se que dois dias antes da prova nada seja feito referente a isso, pois pode gerar mais ansiedade e o cérebro não irá registrar muita coisa. Talvez durante a semana possa ser feito, mas dois ou três dias antes da prova, não”.

A profissional alerta também que ter um bom sono é fundamental na semana final, pois ajuda o organismo a repor as energias e ter uma boa memória. “Uma boa noite de sono ajuda na tomada de decisão e concentração. Se você dormir bem você irá ter melhores decisões e mais clareza nas escolhas das respostas, melhorando o raciocínio e a atenção”, ressalta a psicóloga.

Expectativa pós-Enem 2019: quais são as dicas para lidar com a ansiedade?

Após fazer a prova do Enem, a ansiedade é pelo resultado individual, que deverá ser divulgado em janeiro de 2020, conforme cronograma do Ministério da Educação (MEC). Nesse meio tempo entre a realização e o resultado, o melhor a se fazer é relaxar e esquecer a avaliação. Inclusive, especialistas recomendam que a família oriente o estudante a descansar.

Ao ter acesso ao seu desempenho, o candidato pode usar a nota do Enem 2019 para ingressar em universidades públicas através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), conseguir uma bolsa para universidade particular pelo Programa Universidade para Todos (Prouni) ou concorrer a uma vaga em uma universidade portuguesa. Há também a opção de estudar no Brasil em uma das milhares de instituições parcerias do Educa Mais Brasil. O maior programa de inclusão educacional do Brasil disponibiliza bolsa de estudo com até 70% de desconto.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Previous ArticleNext Article