Patrocinados Patrocinado
Compartilhar

Revalida 2021: pedido de recursos para documentos indeferidos deve ser feito a partir de hoje

Candidatos que tiveram documentos recusados na etapa de análise do Revalida 2021 têm de hoje, 21, até a próxima sexta-fe..

Conteúdo patrocinado - 21 de junho de 2021, 17:04

Shot of female doctor using her digital tablet in the consultation.
Shot of female doctor using her digital tablet in the consultation.

Candidatos que tiveram documentos recusados na etapa de análise do Revalida 2021 têm de hoje, 21, até a próxima sexta-feira, 25, para entrar com recurso e solicitar uma nova avaliação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela avaliação.

O Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2021, tem o objetivo de avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

Quem for solicitar o recurso precisa antes identificar o motivo da reprovação dos documentos, se for o caso, cuja consulta está disponível desde o dia 18 de junho no Sistema Revalida.

Então, o participante deverá inserir as informações e a nova documentação que comprove a formação em Medicina, bem como a necessidade de atendimento especializado ou de tratamento pelo nome social, se solicitados, de acordo com o edital do exame. Os resultados dos recursos poderão ser consultados a partir do dia 30 de junho no Sistema Revalida.

Nesta edição, as provas da primeira etapa do Revalida serão aplicadas no dia 5 de setembro, em oito capitais brasileiras: Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio Branco (AC), Salvador (BA) e São Paulo (SP). Os participantes realizarão duas provas escritas: uma objetiva e outra discursiva.

O exame é aplicado pelo Inep desde 2011, e busca subsidiar a revalidação, no Brasil, do diploma de graduação em Medicina expedido no exterior. É composto por duas etapas que abordam, de forma interdisciplinar, as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).

*Com informações do Inep

Fonte: Agência Educa Mais Brasil