Patrocinados Patrocinado
Compartilhar

Sisu e Fies têm prazos que encerram hoje (06); confira

Estudantes interessados em ingressar no ensino superior com o auxílio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou do Fundo..

Conteúdo patrocinado - 06 de agosto de 2021, 13:34

Young attractive guy is browsing at his laptop, sitting at home on the cozy beige sofa at home, wearing casual outfit
Young attractive guy is browsing at his laptop, sitting at home on the cozy beige sofa at home, wearing casual outfit

Estudantes interessados em ingressar no ensino superior com o auxílio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) precisam ficar atentos aos prazos que encerram nessa sexta-feira (06). Hoje termina o prazo para inscrições no Sisu e para os pré-selecionados no Fies comprovarem as informações prestadas na inscrição. Ambos os processos seletivos são feitos usando a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Tanto a inscrição para o Sisu quanto a complementação dos dados do Fies devem ser feitos no site dos respectivos programas. No entanto, para o Fies, além da confirmação no site, o estudante precisa procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino para qual se candidatou para apresentar a documentação solicitada.

O Sisu é um processo seletivo que ocorre duas vezes ao ano ofertando vagas em cursos de ensino superior em universidades públicas brasileiras. Para concorrer a uma das vagas o candidato precisa ter feito o Enem mais recente, obtido nota maior que zero na redação, e não ter participado na condição de treineiro. Durante a inscrição, o candidato pode escolher até duas opções de curso. Os candidatos serão selecionados de acordo com a nota do Enem, dentro do número de vagas em cada curso, por modalidade e concorrência.

Já o Fies aceita nota do Enem de qualquer edição da avaliação a partir de 2010, desde que o candidato tenha obtido uma média igual ou superior a 450 pontos na soma das provas objetivas e não tenha zerado a redação.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil