Diretor do Detran-PR pode ser candidato ao cargo de deputado em 2018

Mariana Ohde


Por BandNews Curitiba

O Diretor-geral do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR), Marcos Traad, está considerando a possibilidade de pedir exoneração do cargo para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

À frente do Detran desde 2011, no primeiro mandato de Beto Richa (PDSB), Traad é filiado ao partido. Ele afirma que a decisão de concorrer a um cargo público só será tomada após as convenções partidárias, mas que, há muitos anos, tem o desejo de se candidatar.

“A intenção de concorrer a um cargo eletivo já existe na minha vida pessoal faz muitos anos. E eu, modéstia à parte, tenho a impressão de que estou preparado para atender qualquer tipo de demanda política que haja em um futuro próximo e, é lógico, devolver ao Estado do Paraná tudo aquilo que foi investido em minha qualificação pessoal e profissional ao longo desse período”, afirma.

“Mas, claro, vamos deixar as coisas amadurecerem, virem as convenções, o roteiro legal do processo político. Se tiver que ser, será”, finaliza.

Traad é funcionário público estadual desde 1984. Formado em Zootecnia, é mestre e doutor pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e é professor universitário na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Caso opte pela candidatura, ele deve permanecer na direção do Detran-PR até abril, seis meses antes das eleições, na data limite para que candidatos deixem cargos públicos.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="485108" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]