Equipe de transição do governo do Paraná será nomeada nesta semana

Metro Jornal Curitiba

governo palacio do iguaçu

A governadora Cida Borghetti (PP) anunciou ontem (16), na primeira reunião do secretariado após a derrota eleitoral, que vai editar um decreto para regular o processo de transição do Governo do Paraná.

O início oficial dos trabalhos para a transição começa só no dia 3 de dezembro, mas hoje já ocorre a primeira reunião entre ela e Ratinho Junior (PSD), no Palácio Iguaçu.

Depois do encontro o eleito vai ao Rio de Janeiro visitar o candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) e acertar a sua participação na reta final das da eleição. Segundo a assessoria de Ratinho, até sexta-feira estarão definidos os nomes da sua equipe de transição.

Eles vão dar início ao trabalho com o Executivo. Nas próximas duas semanas, no entanto, ele deve se concentrar em pedir votos para Bolsonaro no Paraná.

O candidato do PSL teve 56,89% dos votos válidos no 1º turno no Paraná. Agora, o objetivo é focar nas áreas em que o PT foi melhor, para tentar roubar esses votos.

Bancada

O PSL de Bolsonaro terá a maior bancada da Assembleia Legislativa do Paraná, com 8 deputados estaduais.

Eles estão sendo chamados para apoiar o candidato a presidente nesta reta final, assim como os 3 deputados federais eleitos. O PSL pretende fazer um ato no domingo (21), mas ainda não confirma o local.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="563008" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]