PT pede autorização para que Lula participe de atos pré-campanha

BandNews FM Curitiba

A juíza de execuções penais ainda não se manifestou sobre a petição.

O Partido dos Trabalhadores (PT), representado pela senadora Gleisi Hoffmann, pediu autorização à Justiça Federal do Paraná para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mesmo preso, participe de atos de pré-campanha e da Convenção Nacional do PT, marcada para o dia 28 de julho.

No pedido feito à Vara de Execuções Penais, o partido solicita que Lula possa comparecer aos eventos pessoalmente e, em caso de impossibilidade, que a participação seja por meio de videoconferência.

No documento, do dia 8 de junho, o partido destaca que por não existir condenação criminal transitada em julgado, ou seja, sem a possibilidade de interposição de recursos, o ex-presidente Lula possui, em sua integralidade, todos os direitos políticos.

O PT ainda esclarece que, de acordo com a Lei das Eleições, e por figurar como pré-candidato ao pleito de 2018, Lula tem o direito de participar de programas de entrevistas e debates; realização de encontros, seminários ou congressos e ainda realização de prévias partidárias.


Para a legenda, a não concessão dos pedidos configura falta de tratamento isonômico entre os candidatos.

O PT afirma também que a Polícia Federal (PF) tem condições de dar a segurança necessária para que o ex-presidente Lula possa participar de debates e entrevistas em emissoras de rádio e TV.

A juíza de execuções penais, Carolina Lebbos, ainda não se manifestou sobre o conteúdo da petição.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook
close-image