Richa apoia saída do PSDB do governo de Michel Temer

Fernando Garcel


Redação com William Bittar

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), declarou que apoia a saída do partido da base do governo do presidente Michel Temer (PMDB), na manhã desta quinta-feira (9).

Para Richa, o PSDB fez pelo governo tudo o que podia ser feito, principalmente em um momento de crise e posteriormente com a retomada da economia. Ele apoia a entrega dos cargos no governo para garantir liberdade nas futuras decisões do partido.

“Acho que o PSDB poderia pensar na possibilidade de entregar os cargos do governo com sua missão cumprida e ter sua independência em relação ao governo. Ainda temos algumas opiniões divergentes, mas temos visto que é crescente esse desejo nas lideranças do PSDB [de deixar os cargos do governo]”, declarou Richa.

Plenário da Câmara rejeita denúncia contra Temer por 251 a 233 votos

Segundo Richa, é o momento do partido caminhar pensando já nas próximas eleições e ter um posicionamento independente sobre o governo. “Eu também acho que as grandes contribuições já foram dadas ao governo, garantindo a governabilidade”, disse o governador que lembrou que o partido foi um dos principais responsáveis pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. “Tínhamos a responsabilidade de ajudar o Brasil a retomar o seu desenvolvimento e a geração de empregos”, finaliza Richa.

Leia também:

Aécio diz que não renuncia à presidência do PSDB
Tucanos deixarão “decisão final” sobre o futuro do PSDB para Aécio
Dória elogia Richa, critica Aécio e pede novas eleições para a direção do PSDB

Previous ArticleNext Article