Governo decreta estado de calamidade pública em Brumadinho

Folhapress


O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governo federal disponibilizou recursos financeiros, humanos e tecnológicos ao estado de Minas Gerais.

O presidente esteve na manhã deste sábado (26) em Minas, sobrevoou a região de Brumadinho (MG) atingida pelo rompimento de uma barragem de rejeitos da Vale. Em Belo Horizonte, teve uma reunião com ministros e com o governador mineiro, Romeu Zema.

Apesar de a nota falar em recursos financeiros, a assessoria de imprensa não soube informar qual foi a ajuda oferecida ao estado.

Sem dar detalhes, Bolsonaro disse que Israel vai oferecer tecnologia para auxílio das buscas em Minas. Ele conversou por telefone com o primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu.

Bolsonaro diz que governo vai oferecer recursos humanos, financeiros e tecnológicos para ajudar MG
Ao menos 11 pessoas morreram e o número de desaparecidos é superior a 300 segundo informações de autoridades de Minas Gerais.

Calamidade pública

O governo federal também reconheceu estado de calamidade pública do município de Brumadinho (MG) após o desastre causado pelo rompimento de uma barragem de rejeitos da mineradora Vale.

Este é o primeiro passo para que o governo federal possa facilitar a liberação e recursos para o município.

Com reconhecimentos como este, feito por meio de uma portaria publicada em edição extra do Diário Oficial da União, o governo federal poderá facilitar o acesso de moradores do município a programas e benefícios como Bolsa Família, FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, está em reunião e pode anunciar medidas da pasta para aliviar as dificuldades vividas pelos que foram atingidos pelo desastre.

Confira a íntegra da nota:

Estive, nesta manhã, na região de Brumadinho, em Minas Gerais, atingida tragicamente pelo rompimento da barragem da Vale S.A.

Sobrevoei a área, verifiquei a extensão dos danos e confesso minha tristeza, principalmente pela perda lamentável de vidas humanas.

Acompanhei, juntamente com o Governador Romeu Zema, a avaliação das equipes dos órgãos governamentais e determinei que o Governo Federal proporcione total suporte à população vitimada por esse desastre.

Disponibilizaremos recursos humanos, financeiros e tecnológicos para apoiar o Estado de Minas Gerais.

Paralelamente, adotaremos todas as medidas necessárias para que tragédias como essa não se repitam e não fiquem impunes.

Foi oferecido e aceitamos, por parte do 1º Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, ajuda na busca de desaparecidos.

Presidente Jair Bolsonaro.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="589402" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]