Chico Buarque e Martinho da Vila visitam Lula em Curitiba

Mariana Ohde

O ex-presidente recebe visitas de amigos nas quintas-feiras.
Chico na final do Jabuti

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu, nesta quinta-feira (2), os músicos Chico Buarque e Martinho da Vila, na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, onde está preso desde o dia 7 de abril em decorrência da condenação no caso do triplex do Guarujá (SP), na Operação Lava Jato.

A visita aconteceu por volta das 16h. Os músicos falariam com a imprensa na saída, mas a entrevista foi cancelada por causa do grande número de pessoas no local. “Achei ele muito bem disposto, muito firme, decidido a ir até o fim mesmo, com essa situação de injustiça, mas bem-humorado, muito bem-humorado”, disse Chico Buarque.

“Ele disse que ele é candidato enquanto não provarem a inocência, que ele não troca a liberdade pela dignidade”, completou Martinho da Vila.

No vídeo, eles também justificaram o fato de não terem falado com os repórteres que estavam no local. “O correto seria a imprensa falar diretamente com ele. Não entendo por que a imprensa não pode”, disse Chico.

“Ele (Lula) falou sobre o que está vivendo aqui e falou para eles dizerem que é candidatíssimo”, relatou a presidente nacional do PT, a senadora paranaenses Gleisi Hoffman. “Ele (Lula) disse: ‘Chico, diga lá fora sou candidato’. Os dois são amigos de longa data”, completou.

Além da família, Lula tem recebido amigos nas quintas-feiras. Já estiveram na Superintendência lideranças políticas, culturais e também personalidades internacionais, entre elas, o ex-presidente do Uruguai, José “Pepe” Mujica.

Em abril, Martinho da Vila fez um pedido para visitar Lula, que foi negado pela juíza de execução penal Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara Federal. Na época, a juíza informou que o pedido foi feito por e-mail e não por petição.

O compositor Chico Buarque é amigo de Lula e, no sábado (28), participou do Festival Lula Livre, que reuniu mais de 50 artistas nos Arcos da Lapa (RJ) pela liberdade do ex-presidente. Após a visita, o cantor se apresentou no Teatro Guaíra, no Centro. O show faz parte da turnê Caravanas, que segue até sábado (4) na capital.

Além das visitas de quinta-feira, o ex-presidente tem recebido sua defesa e, nas segundas-feiras, líderes religiosos – nesta semana, a monja budista Cohen Roshi esteve na capital paranaense.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="541388" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]