Política
Compartilhar

65,5 % dos eleitores votariam pelo impeachment de Dilma, diz pesquisa

Uma pesquisa feita pelo Instituto Paraná Pesquisas às vésperas do julgamento do processo de impeachment no Senado conclu..

Jordana Martinez - 29 de agosto de 2016, 15:54

Uma pesquisa feita pelo Instituto Paraná Pesquisas às vésperas do julgamento do processo de impeachment no Senado concluiu que mais da metade dos eleitores votariam a favor do afastamento definitivo de Dilma Roussef, se estivessem no lugar dos senadores. Dos 2.023 eleitores ouvidos, 65,5% votariam pelo impeachment, contra 29,5%.  Talvez foi a resposta de 3,3% e 1,7% não souberam responder.

Já em relação à pergunta "Quem o Sr(a) gostaria que fosse o Presidente do Brasil de agora em diante; Dilma Roussef ou Michel Temer?"; 41,2% escolheram Michel Temer, 21,9% Dilma Roussef, e 34,7% responderam "nenhum dos dois".

Sobre a suposta retomada "da confiança e da esperança" do Brasil depois do afastamento de Dilma, pouco mais da metade (51,6%) concordaram com a afirmação, contra 45,1% que não acreditam que houve melhorias.

A pesquisa também perguntou sobre a disposição do eleitor em votar em candidatos que tenham o apoio de Dilma Roussef. Dos entrevistados, 63,7% afirmaram que não votariam, 19,6% responderam que sim, 14,2% consideraram a possibilidade dependendo do candidato e 2,5% não sabem ou não responderam.

Já na pergunta espontânea sobre quem seria "o maior chefe da quadrilha que roubou o Brasil nos últimos anos", o mais citado foi o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (38,2%), seguido de Dilma Roussef (5,3%), Eduardo Cunha (3,8%), além de Fernando Henrique Cardoso (3,0%),  PT (2,6%), empreiteiras (2,1%) entre outros.

Capturar

Foram ouvidos 2.023 eleitores de 157 municípios brasileiros em 24 estados e no Distrito Federal, entre os dias 20 e 24 de agosto de 2016. A margem estimada é de  2,0% para os resultados gerais.

Nas análises das questões por localidade, o grau de confiança atinge 95,0% para uma margem de erro de 3,5% para o estrato da Região Sudeste, onde foram realizadas 873 entrevistas, 4,5% para a Região Nordeste, onde foram realizadas 546 entrevistas, e 5,5% para a Região Norte + Centro-Oeste onde foram realizadas 305 entrevistas e 6,0% para o estrato da Região Sul, onde foram realizadas 299 entrevistas.

A Paraná Pesquisas está registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª Região sob o nº3122/16 e é filiada à Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa - ABEP desde 2003. Veja a pesquisa na íntegra.