84% dos vereadores querem ser reeleitos em Curitiba

Redação


Dos 38 vereadores de Curitiba, 32 vão tentar se reeleger. Apenas um não quer mais disputar o cargo. Consultados pelo Jornal Metro, 32 vereadores de Curitiba disseram que pretendem se candidatar para o mesmo cargo neste ano.

Apenas Aladim Luciano não quer mais disputar o cargo; já Hélio Wirbiski (PPS) e Ailton Araújo (PSC) se disseram indecisos. Dois vereadores ensaiam disputas à prefeitura: Jorge Bernardi (Rede) e Professor Galdino (PSDB). Já Carla Pimentel (PSC) não respondeu ao levantamento.

PSC indefinido A saída de Ratinho Júnior do PSC rumo ao PSD forçou uma movimentação na Câmara. Em 2012, turbinado pelo sucesso eleitoral do candidato a prefeito, o PSC elegeu a maior bancada da Casa, com seis nomes.

Desde lá, no entanto, o partido já perdeu Bruno Pessuti e neste ano não contará com o puxador de votos. Com isso a expectativa é o que o partido diminua seu número de candidatos.

Na eleição de 2012, a renovação chegou a 48% dos vereadores.

Sem título

PDT e PSD crescem; PT desidrata

Enquanto em 2012 o PDT elegeu apenas dois vereadores (Jorge Bernardi e Tito Zeglin), o partido do prefeito Gustavo Fruet foi que mais conseguiu crescer durante os quatro anos do mandato. Apesar de ter perdido Bernardi para a Rede, a legenda atraiu os vereadores Jonny Stica e Pedro Paulo (ambos vindos do PT) e Toninho da Farmácia (ex-PP).

Sem títuloOutra legenda que cresceu, mas no último ano, foi o PSD – fruto do ingresso de Ratinho Junior na agremiação. Depois disso, entraram no partido Bruno Pessuti, que deixou o PSC, e Felipe Braga Cortes, que saiu do PSDB.

O destaque negativo foi o PT. A Operação Lava Jato motivou uma debandada do partido, do qual saíram Jonny Stica e Pedro Paulo. Agora, a única representante petista na Casa é Professora Josete.

O PT também se afastou da prefeitura, com a vice-prefeita deixando o cargo de Secretaria do Trabalho. Nestas eleições o PT pretende lançar candidatura própria para a prefeitura e o deputado estadual Tadeu Veneri é o nome apontado como já como pré-candidato.

(Thiago Machado, Metro Jornal)

Previous ArticleNext Article