Advogados entregam “carta a Fachin” e questionam CPI da JBS

Jordana Martinez


Uma carta assinada por Institutos de Advogados de 11 estados brasileiros foi entregue ao ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, durante palestra no Instituto dos Advogados do Paraná (IAP), nesta sexta-feira (09), em Curitiba.

No documento, os advogados questionam a proposta de instalação da chamada “CPI da JBS”. Segundo os advogados, há intenção clara de constranger o ministro que homologou acordos de delação premiada de executivos da J&F.

“É inaceitável que o poder Legislativo possa pretender interpelar um juiz pelo exercício de sua atividade funcional, em afronta aos princípios constitucionais, e comprometer a própria funcionalidade dos freios e contrapesos dos poderes da República”, diz o texto, que também defende a independência do judiciário.

Fachin agradeceu e elogiou a iniciativa: “Recebo a manifestação como iniciativa institucional e republicana, em prol dos valores que são mais caros à sociedade brasileira, os valores esculpidos na Constituição Federal, dentre eles a função imprescindível da Justiça para o Estado Democrático de Direito”.

Previous ArticleNext Article
Jordana Martinez
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.
[post_explorer post_id="436268" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]