Política
Compartilhar

Após desafiar Justiça, Renan diz que decisão judicial é para se cumprir

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse a jornalistas nesta quinta-feira (8) que decisão do Supremo Tri..

Jordana Martinez - 08 de dezembro de 2016, 15:02

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse a jornalistas nesta quinta-feira (8) que decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) é “para se cumprir”, ao ser questionado sobre a suposta conversa com o presidente Michel Temer sobre a decisão do STF em mantê-lo no cargo.

“A decisão do Supremo fala por si só. Não dá para comentar decisão judicial. Decisão do STF é para se cumprir”, respondeu o senador.

Nesta quarta-feira, o Supremo a maioria dos ministros manteve Renan Calheiros no comando do Senado, mas decidiu que ele não pode ocupar a Presidência da República, já que é o segundo na linha de sucessão, depois do presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

A afirmação foi feita dois dias depois que Renan Calheiros descumpriu uma decisão do ministro Marco Aurélio, do STF, que determinava o afastamento dele da presidência da casa. Além de permanecer no cargo, o presidente do Senado "fugiu" do oficial de Justiça e se negou a assinar a notificação.