Política
Compartilhar

Assad Ahmad Barakat, membro do Hezbollah, é extraditado para o Paraguai

O libanês Assad Ahmad Barakat, foi extraditado para o Paraguai, na manhã desta sexta-feira (17), pela Polícia Federal no..

Ana Cláudia Freire - 17 de julho de 2020, 15:04

Divulgação/migraciones.gov.py
Divulgação/migraciones.gov.py

O libanês Assad Ahmad Barakat, foi extraditado para o Paraguai, na manhã desta sexta-feira (17), pela Polícia Federal no Paraná.

Assad Barakat  foi preso em  em 2018, em Foz do Iguaçu, pelo crime de falsidade ideológica. Havia contra ele um pedido de prisão preventiva decretado pela Justiça do Paraguai.

Uma ordem de captura foi expedida pela da Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) e Barakat teve sua extradição para o Paraguai deferida pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Assad Ahmad Barakat é apontado como um dos principais integrantes do grupo extremista Hezbollah, com atuação na  tríplice fronteira entre o Brasil, Paraguai e Argentina.

Barakat estava preso na Superintendência Regional da PF em Curitiba desde setembro de 2019 .

Ele foi levado  helicóptero para a cidade de Foz do Iguaçu onde foi entregue às autoridades paraguaias na Ponte Internacional da Amizade.

VEJAS AS IMAGENS DA EXTRADIÇÃO DE ASSAD BARAKAT DIVULGADAS PELO DEPARTAMENTO DE MIGRAÇÃO DO PARAGUAI

Assim que entrou em território Paraguaio foi encaminhado ao Posto de Controle de Migração de Cidade do Leste, na Ponte Internacional da Amizade.