Áudios indicam que Jair Bolsonaro se envolveu em esquema de “rachadinhas”

Redação

Áudios indicam que Jair Bolsonaro se envolveu em esquema de "rachadinhas"

Gravações obtidas com exclusividade pelo UOL indicam que o presidente Jair Bolsonaro se envolveu em esquema de rachadinhas enquanto exerceu cargo de deputado federal (entre 1991 e 2018).

O esquema ilegal de entrega de salários de assessores configura o crime de peculato, que consiste na subtração ou desvio, por abuso de confiança, de dinheiro público. Quem falou sobre o esquema de rachadinhas que envolve Jair Bolsonaro foi Andrea Siqueira Valle, ex-cunhada do presidente. Ela afirmou que seu irmão foi demitido porque não devolveu a maior parte do salário.

“O André deu muito problema porque ele nunca devolveu o dinheiro certo que tinha que ser devolvido, entendeu? Tinha que devolver R$ 6.000, ele devolvia R$ 2.000, R$ 3.000. Foi um tempão assim até que o Jair pegou e falou: ‘Chega. Pode tirar ele porque ele nunca me devolve o dinheiro certo'”.

Outros nomes que surgiram no esquema de rachadinhas foram: Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, o advogado Frederick Wassef, Ana Cristina, André Valle (irmão da ex-cunhada de Bolsonaro), Guilherme Hudson (tio de Ana Cristina, ex-mulher do presidente), Márcia Aguiar (mulher de Queiroz) e Nathália Queiroz.

Leia o material exclusivo do UOL aqui!

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="773754" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]