Política
Compartilhar

Assembleia Legislativa aprova criação da Bancada Feminina

O objetivo da proposta é ampliar a participação das mulheres no parlamento, além de garantir uma vaga para a bancada feminina na Mesa Diretora

Redação - 02 de agosto de 2022, 16:54

Orlando Kissner/Alep
Orlando Kissner/Alep

Foi aprovado em segundo turno, nesta terça-feira (2), com 45 votos favoráveis e um contrário, o projeto de resolução que cria a Bancada Feminina da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). O bloco será formado por todas as deputadas estaduais.

O texto altera o Regimento Interno da Alep com o objetivo de garantir a participação das deputadas mulheres na composição da Mesa Diretora da Casa.

Além disso, a criação da Bancada Feminina da Assembleia Legislativa tem como objetivo ampliar a participação das mulheres no parlamento estadual. A proposta garante que a líder do bloco exercerá as mesmas prerrogativas que os demais líderes de partidos ou blocos parlamentares.

O projeto de resolução lembra que a única regra da eleição para a composição da Mesa Diretora é a proporcionalidade partidária. Dessa forma, a criação da Bancada Feminina garante a inclusão das mulheres neste espaço de decisão.