Base de Bolsonaro não enxerga um palmo à frente do nariz, diz presidente da CPI da Covid

Camila Mattoso - Folhapress

CPI da Covid recorre ao STF e obtém aval para agir contra silêncio sistemático de depoentes

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), disse não ver problema em que se peça investigação sobre um ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), mas avaliou que a decisão de Jair Bolsonaro de pedir impeachment de dois magistrados da corte configura sobretudo um gesto político.

“Todos podem ser investigados, inclusive ministros do Supremo, mas Bolsonaro fez um gesto à sua base, que não enxerga um palmo à frente do nariz”, afirmou o senador à coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

Bolsonaro postou na manhã deste sábado (14) que vai apresentar pedidos de impeachment contra Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes no Senado.

O primeiro tem travado embates com o presidente, que insiste em dizer que as urnas eletrônicas não são transparentes. Já o segundo ministro tem Bolsonaro na mira de ao menos dois inquéritos.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="783405" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]