Beto Richa renuncia e dá início a corrida eleitoral para o Senado

Fernando Garcel e Francielly Azevedo


O governador Beto Richa (PSDB) convocou uma coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (26) para anunciar, entre outros assuntos, o seu afastamento do cargo. Ele deixa o comando do Executivo paranaense com a vice-governadora Cida Borghetti, que assume a partir do dia 7 de abril, e parte para a corrida eleitoral ao Senado.

Com a decisão, Cida Borghetti irá assumir o cargo no próximo dia 7. A vice-governadora é pré-candidata ao governo do Estado pelo Partido Progressista (PP) e deve concorrer com Cesar Silvestri Filho (PPS), Requião (MDB) e Ratinho Júnior (PSD).

Confira:

“Nossa vice-governadora é candidata e foi decidida há muito tempo pelo partido. Vamos respeitar a decisão do governador e [Richa] será nosso candidato ao Senado”, declarou o marido de Cida Borghetti e ministro da Saúde Ricardo Barros, que deixa o cargo ministerial amanhã, sobre a articulação política entre o PP e o PSDB.

Nos bastidores, a intenção de Richa concorrer ao Senado pelo PSDB já era dada como certa há meses, mas o governador sempre se esquivou dessa afirmação. Em entrevista à repórter Francielly Azevedo, no fim de janeiro, Richa declarou se sentir “receoso por entregar o governo no seu melhor momento”.

Beto Richa afirma que não vai se afastar do cargo para concorrer ao Senado

Previous ArticleNext Article