Bolsonaro diz que churrasco no Palácio da Alvorada era fake

Redação

bolsonaro acusa moro

Jair Bolsonaro (sem partido) disse, neste sábado (9), que o churrasco -que estava marcado para hoje- no Palácio da Alvorada era “fake”. Além disso, ele também afirmou que o MBL (Movimento Brasil Livre) protocolou uma ação à Justiça para proibir o presidente de promover o evento.

O MBL pedia na ação que, caso o churrasco de Bolsonaro acontecesse, que ele fosse multado em R$ 100 mil. O valor seria revertido em ações de combate ao coronavírus.

A declaração aconteceu depois que Bolsonaro, na última quinta-feira (7), afirmou que iria cometer um crime e reunir alguns convidados. “Vou fazer um churrasco no sábado aqui em casa. Vamos bater um papo, quem sabe uma peladinha”, afirmou na entrada do Palácio da Alvorada.

Ontem, o Brasil registrou recorde de mortes pelo novo coronavírus em 24 horas, quando foram registradas 751 novas mortes.

Neste sábado, em sua conta no YouTube, o Bolsonaro publicou um vídeo onde diz que o churrasco não era verdadeiro. “Churrasco? Só estou convidando a imprensa.”

Previous ArticleNext Article