Bolsonaro e Guedes anunciam novas parcelas do auxílio emergencial

Jorge de Sousa

Bolsonaro e Guedes anunciam novas parcelas do auxílio emergencial

Durante a live semanal desta quinta-feira (25) do presidente da República, Jair Bolsonaro, houve o anúncio do pagamento de mais três parcelas do auxílio emergencial.

Com a participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, Bolsonaro anunciou que serão depositados nos próximos dois meses parcelas no valor decrescente de R$ 500, R$ 400 e R$ 300, somando ao todo R$ 1.200.

O presidente não confirmou qual será o calendário do depósito dessas parcelas, mas Guedes adiantou a possibilidade dos recursos começarem a ser distribuídos neste sábado (27).

Guedes ainda confirmou que as três primeiras parcelas do auxílio emergencial custaram aos cofres públicos R$ 150 bilhões.

Quem também participou da live foi o presidente da Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo), Gilson Machado Neto, que homenageou as vítimas do coronavírus no Brasil tocando a música “Ave Maria” em uma sanfona.

BOLSONARO ELOGIA FEDER “BRILHANTE TRABALHO”

O presidente da República também aproveitou a live para elogiar o secretário da Educação do Paraná, Renato Feder, preterido por Carlos Alberto Decotelli como ministro da pasta.

“Faz um brilhante trabalho no Paraná e dou parabéns ao Ratinho (Junior) por ter ele como secretário. Demos preferência ao Decotelli pelo currículo mais extenso, mas ele também reúne características boas como o garoto Renato. Foi uma disputa muito difícil entre todos os candidatos”, explicou Bolsonaro.

Decotelli será o terceiro ministro da Educação em menos de dois anos de Bolsonaro na presidência. Anteriormente, Abraham Weintraub e Ricardo Vélez comandaram a pasta.

Previous ArticleNext Article