Política
Compartilhar

Camarão não mastigado causou obstrução intestinal em Bolsonaro, diz médico

O médico Antônio Luiz Macedo, que acompanha o presidente Jair Bolsonaro (PL) desde 2018, disse que a obstrução intestina..

Redação - 05 de janeiro de 2022, 15:07

SÃO PAULO, SP - 05.01.2022: BOLSONARO DEIXA HOSPITAL EM SÃO PAULO - O Presidente da República, Jair Bolsonaro deixa na manhã desta quarta-feira (5), o Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, onde estava internado deste a madrugada da última segunda-feira (3), após tratar de uma nova obstrução intestinal. (Foto: Aloisio Mauricio /Fotoarena/Folhapress) ORG XMIT: 2157408
SÃO PAULO, SP - 05.01.2022: BOLSONARO DEIXA HOSPITAL EM SÃO PAULO - O Presidente da República, Jair Bolsonaro deixa na manhã desta quarta-feira (5), o Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, onde estava internado deste a madrugada da última segunda-feira (3), após tratar de uma nova obstrução intestinal. (Foto: Aloisio Mauricio /Fotoarena/Folhapress) ORG XMIT: 2157408

O médico Antônio Luiz Macedo, que acompanha o presidente Jair Bolsonaro (PL) desde 2018, disse que a obstrução intestinal foi causada pela falta de mastigação em uma refeição. Após mais de um dia internado, Bolsonaro recebeu alta na manhã desta quarta-feira (5).

"O camarão não foi mastigado, é o que ele tá explicando. A gente pede pra que todos fazerem o que a gente faz: mastigar 15 vezes cada garfada", disse ele em entrevista coletiva realizada no Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo.

"Eu não almoço, eu engulo. A peixada tinha uns camarõezinhos também, comi e mastiguei o peixe e comi o camarão", completou o presidente.

Segundo o médico, Bolsonaro está com a saúde boa após uma recuperação rápida. Nas próximas semanas, ele deve cumprir uma dieta especial e caminhadas nas próximas semanas.

PRESIDENTE DIZ QUE NAO TEM FÉRIAS E NEGA POLITIZAÇÃO EM INTERNAÇÃO

O presidente recebeu diversas críticas por ter viajado a São Francisco do Sul, praia de Santa Catarina, no dia 27 de dezembro, em meio aos temporais registrados na Bahia. Durante a passagem pelo Sul, Bolsonaro fez passeios de moto e jet ski.

Apesar disso, Bolsonaro negou ter politizado o problema de saúde e que não tira férias, rebatendo quem o critica.

"Fizemos coisas fantásticas ao longo desses dias que dificilmente outro governo estaria fazendo. O presidente não tem férias. É maldoso quem fala que estou de férias. Eu dou minhas fugidas de jet ski. Dou lá uns cavalos de pau no Beto Carrero. Eu não queria estar aqui Estou me vitimizando? Está de brincadeira comigo. Dr. Macedo tem sua honra e eu a minha. Temos muito a zelar", completou.