Bolsonaro parabeniza Boris Johnson e deseja parceria mais ‘sólida’ com o Reino Unido

Vinicius Cordeiro

bolsonaro boris johnson reino unido

O presidente Jair Bolsonaro cumprimentou Boris Johnson, eleito ontem (12) como primeiro-ministro no Reino Unido. Além de parabenizar pela ‘grande vitória’, Bolsonaro disse estar disposto a trabalhar na construção de uma parceria mais sólida.

Cumprimento os britânicos e o Primeiro-Ministro do Reino Unido, Boris Johnson, pela grande vitória de ontem. Brasil e Reino Unido compartilham o apreço à auto-determinação e à soberania. Estamos dispostos a trabalhar no fortalecimento de nossas relações e na construção de uma parceira cada vez mais sólida e benéfica para nossos povos”, disse pelo Twitter.

PARTIDO DE JOHNSON TEM MAIORIA NO PARLAMENTO

Boris Johnson em 10 Downing Street, sede do governo britânico. (Reprodução / Twitter UK Prime Minister)

A vitória de Johnson foi tão grande que selou o maior triunfo do Partido Conservador desde 1987. A legenda tem agora 365 lugares – 48 a mais – no parlamento contra 203 – 59 a menos – do Partido Trabalhista.

“Agradeço a confiança que depositou em nós e em mim. Trabalharemos o tempo todo para retribuir sua confiança e cumprir suas prioridades com um parlamento que trabalha para você”, escreveu após seu primeiro discurso.

Johson é o líder do partido desde a renuncia de Theresa May, em junho deste ano. Ex-prefeito de Londres, ele disputou o cargo como parlamentar e deu ênfase ao slogan ‘vamos resolver o brexit’ (get brexit done).

O brexit (British exit, traduzido para ‘saída britânica’) é o movimento da saída do Reino Unido em relação à União Europeia, grupo formado por 28 países do continente. Além do livre comércio entre si, os países dão facilidades para a população trabalhar e morar em qualquer região.

Contudo, em 2016, os britânicos optaram pela saída em um plebiscito. 52% dos eleitores foram favoráveis à mudança, enquanto 48% se posicionaram a favor da manutenção.

Entretanto, o acordo de retirada, costurado por May, foi rejeitado pelo parlamento em três ocasiões. Agora, Johnson fala que o Reino Unido vai finalizar a saída da União Europeia até o dia 31 de janeiro de 2020.

Previous ArticleNext Article