No Paraná, Bolsonaro faz “piada” machista e reforça estereótipo sobre mulheres

Redação

jair bolsonaro, bolsonaro, machismo, machista, piada machista, renascença, paraná, pch, ratinho junior

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), durante agenda no interior do Paraná, nesta sexta-feira (6), fez uma “piada” machista na qual reforça o estereótipo de que mulheres são menos pontuais do que homens.

O chefe de Estado participou da inauguração de uma PCH (Pequena Central Hidrelétrica) no município de Renascença, no sudoeste do Paraná, a cerca de 470 km de distância de Curitiba.

Após visitar parte das instalações, Bolsonaro foi convidado a apertar o botão de ignição do gerador. O técnico responsável, ao explicar como funciona a geração de energia, explicou que o processo demoraria dois minutos para ser concluído.

À informação, Bolsonaro reagiu:

“Dois minutinhos de homem, né? Porque dois minutinhos de mulher… Quando minha mulher fala ‘dois minutos’ eu vou lá assistir o segundo tempo do futebol e depois eu volto”, disse, forçando o riso dos que o rodeavam, a maioria homens.

Jair Bolsonaro estava acompanhado do governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), que riu. A única mulher que acompanhava a comitiva não demonstrou constrangimento, e respondeu, rindo, que é pontual.

A comitiva presidencial ainda era composta pelo ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

O grupo participou, na tarde de hoje (6), da inauguração da PCH Bedin. A unidade anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro foi construída no Rio Santana, entre os municípios de Bom Sucesso do Sul e Renascença.

A central com duas unidades geradoras tem 12 megawatts de potência, o que é suficiente para atender cerca de 25 mil residências.

Previous ArticleNext Article