Política
Compartilhar

Bolsonaro mostra conversa com Moro e rebate ex-ministro: mentira deslavada

O presidente Jair Bolsonaro rebateu qualquer possibilidade de ter cometido crime e admitiu que enviou um link do site An..

Vinicius Cordeiro - 05 de maio de 2020, 18:52

BRASÍLIA, DF, 05.05.2020 - JAIR-BOLSONARO-DF - O presidente Jair Bolsonaro fala com a imprensa ao sair do Palácio da Alvorada, em Brasília, na manhã desta terça-feira (5). Ele portava um papel com a capa da Folha de hoje impressa e reclamou da manchete do jornal sobre a troca da superintendência da PF no Rio de Janeiro. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
BRASÍLIA, DF, 05.05.2020 - JAIR-BOLSONARO-DF - O presidente Jair Bolsonaro fala com a imprensa ao sair do Palácio da Alvorada, em Brasília, na manhã desta terça-feira (5). Ele portava um papel com a capa da Folha de hoje impressa e reclamou da manchete do jornal sobre a troca da superintendência da PF no Rio de Janeiro. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

O presidente Jair Bolsonaro rebateu qualquer possibilidade de ter cometido crime e admitiu que enviou um link do site Antagonista sobre uma matéria que deputados bolsonaristas estavam na mira da PF (Polícia Federal). Ele se pronunciou à imprensa após o depoimento do ex-ministro Sergio Moro ser divulgado nesta terça-feira (5).

"Isso foi prova de interferência política minha na PF, segundo Moro. Ele disse que é fofoca. Ele tem informação privilegiada. Se isso é fofoca ele diz que esse inquérito que existe no Supremo não tem nome de deputado federal nenhum e nem de Carlos Bolsonaro. Ele diz isso", rebateu Bolsonaro.

Na mensagem divulgada por Bolsonaro, o comentário de Moro sobre a matéria é: "Isso é fofoca. Tem um DPf tinha peças de relatórios pessoais de coisas que eu passava para ele. É um crime federal", afirmou.

Sobre o depoimento de Moro - leia a íntegra aqui, Bolsonaro disse que ainda vai ler as 10 páginas com atenção.

" Lamento que uma pessoa como Moro, importantíssimo na história do Brasil, prendendo o ex-presidente Lula, ter esse fim. Não quero falar nada de mal com ele, fez muita coisa boa no governo. Outras deixou a desejar. Vou ler para responder as demais acusações. Parece que em nenhum momento ele fala que cometi crime", finalizou.