Bolsonaro tenta dar volta olímpica no intervalo de Brasil x Argentina

Vinicius Cordeiro

Jair Bolsonaro - Liberdade Econômica - Vetos

O presidente Jair Bolsonaro quis dar uma volta olímpica no Mineirão, durante o intervalo do duelo entre Brasil e Argentina nesta terça-feira (2), no Mineirão, em Belo Horizonte. O jogo é válido pela semifinal da Copa América 2019.

Quando desceu ao campo, foi mais aplaudido do que vaiado. Depois de um tempo, restaram apenas gritos de “mito” quando pegou uma bandeira do Brasil para chacoalhar e incendiou o público que votou nele.

Entretanto, a volta olímpica acabou sendo cancelada por causa do tempo. O ato desejado por ele atrasaria o início do segundo tempo da partida. Tentando justificar aos seus apoiadores, Bolsonaro apontou para seu relógio.

Após completar um semestre de mandato, ele assistiu ao jogo ao lado do ministro da Economia Paulo Guedes e do ex-lateral direito Cafu, capitão do pentacampeonato mundial.

Bolsonaro
Foto: Wesley Santos / PressDigital / AGB

NEYMAR

Bolsonaro chegou ao Mineirão com um forte esquema de segurança. O número de policiais surpreendeu até mesmo quem estava nos bastidores do confronto.

Além disso, antes da partida, Bolsonaro também teve um encontro curto com Neymar. A assessoria fez um vídeo dos dois e acabou postando no Twitter.

EVENTOS ESPORTIVOS

Não é a primeira vez que Bolsonaro vai a eventos esportivos. Nessa Copa América, ele esteve no Morumbi para ver a estreia do Brasil contra a Bolívia.

Neste ano, ele foi a um jogo do Flamengo, em Brasília, ao lado do ministro da Justiça Sergio Moro. Por fim, no ano passado, o presidente participou da cerimônia de premiação do Palmeiras, após o título conquistado no Campeonato Brasileiro.

Previous ArticleNext Article