Brasil fecha fronteiras com Argentina, Paraguai e outros seis países da América do Sul

Redação

governo fecha fronteiras argentina paraguai

O governo federal de Jair Bolsonaro decidiu nesta quinta-feira (19) o fechamento das fronteiras do Brasil com Argentina, Paraguai e outros seis países da América do Sul. A decisão, para combater a transmissão do coronavírus, determina o bloqueio com Bolívia, Colômbia, Guiana Francesa, República Cooperativa da Guiana, Peru e Suriname.

A portaria foi publicada em seção extra do Diário Oficial e vale para que estrangeiros não entrem no país por, inicialmente, 15 dias. Entretanto, o prazo ainda pode ser prorrogado.

Chile e Equador não fazem fronteira com o Brasil, enquanto a Venezuela já tinha tido um fechamento parcial. Por fim, o governo ainda negocia com o Uruguai para também adotar o fechamento.

Vale ressaltar que o transporte de cargas é mantido com a decisão. A medida serve apenas para pessoas estrangeiras, ou seja, brasileiros ainda podem voltar ao Brasil normalmente.

“Mais ações a caminho pensando no inevitável impacto financeiro das famílias envolvidas”, disse Bolsonaro ao informar da medida em seu Twitter.

FECHAMENTO DE FRONTEIRAS FOI PEDIDO DO PARANÁ

A decisão do governo federal atende o pedido do governo do Paraná. Ontem (18), o governador Ratinho Junior divulgou que solicitou o fechamento das fronteiras com Argentina e Paraguai.

Além disso, o Paraná também vetou ônibus interestaduais vindos de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Distrito Federal, onde a situação de coronavírus é mais grave. Por fim, Ratinho também solicitou a Infraero para que os voos vindos desses estados sejam suspensos.

Atualmente o Paraná tem seis casos confirmados do COVID-19 e 240 sob suspeita, enquanto 82 já foram descartados. Já o Brasil soma 291 casos confirmados, um óbito e 8.819 casos em investigação. Os números são de acordo com o balanço do Ministério da Saúde.

Previous ArticleNext Article