‘O Brasil poderia ser o primeiro país do mundo a começar a vacinação’, afirma diretor do Butantan

Renato Machado - Folhapress e Julia Chaib - Folhapress

Dimas Covas na CPI

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou à CPI da Covid nesta quinta-feira (27) que a vacinação no Brasil poderia ter começado antes “se todos os atores” tivessem colaborado.

Segundo Covas, o laboratório tinha quase 10 milhões de doses prontas no ano passado. Quase 10 milhões de doses prontas em dezembro do ano passado.

“O Brasil poderia ser o primeiro país do mundo a começar a vacinação, se não fossem os percalços, tanto de vista de contrato como regulatório”, disse. O estado de São Paulo começou a vacinar em 17 de janeiro.

De acordo com Covas, o mundo começou a aplicar os imunizantes em 8 de dezembro.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="766571" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]