Projeto de lei prevê que buffets e casas de eventos de Curitiba atuem como restaurantes durante a pandemia

Redação

buffet e casas de eventos podem atuar como restaurantes e lanchonetes na pandemia

Um projeto de lei dos vereadores Alexandre Leprevost (SD) e Amália Tortato (NOVO) prevê que buffets e casas de eventos de Curitiba sejam autorizados a funcionar como restaurantes e lanchonetes. A proposta foi protocolada na última terça-feira (8) na Câmara Municipal de Curitiba (CMC) e valeria durante a pandemia da Covid-19 na capital paranaense.

Segundo Alexandre Leprevost, o projeto tem por objetivo desburocratizar processos e dar fôlego aos empresários do setor de eventos, um dos mais atingido pelas restrições da pandemia. “Precisamos dar oportunidade para que esses empresários se reinventem e se adaptem para trabalhar de forma segura, como restaurantes ou lanchonetes, que são atividades já permitidas nos decretos”, aponta. Para Amália Tortato, o momento é de exceção e exige, também, medidas neste sentido. “O projeto abre a possibilidade para que empreendedores, que estão há mais de um ano sem conseguir trabalhar, possam levar o sustento para suas famílias”, complementa.

Para o desenvolvimento das novas atividades, o projeto estabelece que os estabelecimentos deverão atender todas as medidas de enfrentamento à pandemia previstas em legislação específica e nas orientações, protocolos e demais normativas da secretaria Municipal da Saúde e da secretaria da Saúde do Estado do Paraná.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="769220" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]