câmara de apucarana
Compartilhar

Lula comenta condenação e admite obsessão por voltar à política

Em entrevista ao vivo pelo Facebook, nesta quinta-feira (20), no programa “Na sala do Zé”, com os jornalistas José Traja..

Jordana Martinez - 20 de julho de 2017, 16:07

Em entrevista ao vivo pelo Facebook, nesta quinta-feira (20), no programa “Na sala do Zé”, com os jornalistas José Trajano, Antero Greco e Juca Kfouri, o ex-presidente Lula comentou a sentença do juiz Sérgio Moro que o condenou a 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso triplex.

ANÚNCIO

Lula afirmou que a condenação não foi nenhuma surpresa e criticou a Lava Jato e a imprensa. O ex-presidente lembrou que já teria "cantado a bola" em audiência com Sergio Moro, quando disse que estava refém da mídia e o juiz não tinha como absolvê-lo.

Sobre a possível candidatura à Presidência da República em 2018, Lula admitiu que tem “obsessão de voltar" à política.

“A política é afrodisíaca... a gente entra para não mais sair. E eu tenho com o que contribuir. Esse país não merece estar passando pelo que está passando.”

ANÚNCIO

Caso não possa participar do pleito, Lula citou o nome do ex-prefeito paulistano Fernando Haddad como uma das possibilidades do PT para disputar a Presidência.

Durante a entrevista Lula ainda admitiu erros do Partido dos Trabalhadores, mas negou ter havido corrupção em seu governo.

“O PT errou ao aceitar o jogo de fazer campanha nos mesmos moldes que os outros partidos faziam”, admitiu, mas completou “Nenhum outro partido criou tantos mecanismos de combate à corrupção como o PT”.