Política
Compartilhar

Câmara de Curitiba quer debater violência nos estádios

Câmara de Curitiba cria frente para debater violência nos estádios. Os vereadores entendem que é preciso ações conjuntas para prevenir e coibir a violência

Redação - 14 de julho de 2022, 13:45

Foto/Divulgação/CMC
Foto/Divulgação/CMC

 

Para ampliar o debate sobre a violência nos estádios e fora dele em dias de jogos de futebol, a Câmara Municipal de Curitiba acaba de criar a Frente Legislativa de Enfrentamento à Violência nos Estádios. A iniciativa é do vereador Marcelo Fachinello (PSC)

Queremos e devemos ampliar o debate sobre esse tema tão importante. Também iremos nos aproximar e manter o diálogo aberto com as próprias Torcidas, além de Federações e Clubes”, afirma Fachinello, que há alguns dias esteve também na OAB participando de audiência pública sobre o mesmo tema.

O parlamentar ainda explica que a Frente é “legislativa” porque pretende atingir todos os poderes do Legislativo para assim articular e formatar ações e projetos com maior abrangência e eficácia. Na prática o grupo deve realizar reuniões periódicas para debate, fazer pesquisa legislativa para avaliar experiências e a efetividade de ações que já existem e ainda apresentar projetos de lei.

Estiveram presentes o vereador Mauro Bobato (Pode) e representantes de Alexandre Leprevost (Solidariedade), Leônidas Dias (Solidariedade), Nori Seto (PP), Pier Petruziello (PP) e Sidnei Toaldo (Patriota).