Câmara de Foz aprova reajuste no salário do prefeito, vice e vereadores; procurador e secretários ganham aumento

Lucian Pichetti - CBN Curitiba e Vinicius Cordeiro

A Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu, na região oeste do Paraná, aprovou o reajuste de 5,49% nos salários dos próprios vereadores e de 3,43% nos vencimentos do prefeito e do vice. Além disso, também foi determinado o aumento de 45% nos salários dos secretários e do procurador-geral do município.

O vereador Edson Narizão (PTB) foi o único a votar contra os projetos.

Com as decisões, o prefeito passará a receber R$ 22.745,13. O mesmo reajuste foi aplicado ao salário do vice-prefeito, que vai ganhar agora R$ 15.247,65 por mês.

O maior reajuste aprovado foi de 45%, ao procurador-geral e aos secretários municipais. Os vencimentos atingem o teto permitido, passaram dos atuais R$ 10 mil para R$ 14.632,12.

Já o salário dos vereadores vai passar de R$ 9.082,13 para R$ 9.587,15. O texto esclarece que o reajuste de 5,49% equivale a parte das perdas com a inflação em 2017 e em 2018.

REPERCUSSÃO

A vice-presidente da Comissão de Economia, Finanças e Orçamento da casa, vereadora Rosane Bonho, argumentou que, constitucionalmente, todo o trabalhador, inclusive os servidores públicos, têm direito a reajuste salarial referente as perdas inflacionárias.

A parlamentar afirmou ainda que os salários dos vereadores de Foz estavam congelados há praticamente cinco anos.

“Há muito tempo, o salário dos vereadores vem defasado. Lembrando que várias cidades do Paraná se encontra muito além do que recebemos em Foz do Iguaçu. E lembrando também que é um reajuste, data-base dos vereadores, não é aumento”, comenta.

O presidente da câmara, Beni Rodrigues, afirma que se o reajuste levasse em conta a inflação acumulada de julho de 2014 a maio de 2019 seria bem maior.

“Hoje o salário do vereador, se está congelado de 7.000 mil é devido as reposições salarias que não eram aprovadas desde 2014. Se nós fossemos requerer de 2014 até hoje, seria um percentual de 30,5. Estamos solicitando só a devida inflação deste ano”, completou.

Com o reajuste, o salário do presidente será de R$ 14.383,50.

Previous ArticleNext Article