Política
Compartilhar

Caminhoneiros prometem liberar trânsito de combustíveis e gás no PR

Depois de uma nova negociação com lideranças de caminhoneiros, na tarde desta segunda-feira (28), no Palácio Iguaçu, a g..

Jordana Martinez - 28 de maio de 2018, 19:02

A governadora do Paraná, Cida Borghetti, anunciou nesta segunda-feira (28) a liberação do transporte de combustível em todo o Estado do Paraná.  A medida vale para todos os derivados do petróleo: gasolina, etanol,  óleo diesel e gás de cozinha.
Curitiba, 28/05/2018.
Foto: Orlando Kissner/ANPr
A governadora do Paraná, Cida Borghetti, anunciou nesta segunda-feira (28) a liberação do transporte de combustível em todo o Estado do Paraná. A medida vale para todos os derivados do petróleo: gasolina, etanol, óleo diesel e gás de cozinha. Curitiba, 28/05/2018. Foto: Orlando Kissner/ANPr

Depois de uma nova negociação com lideranças de caminhoneiros, na tarde desta segunda-feira (28), no Palácio Iguaçu, a governadora Cida Borghetti anunciou a liberação do transporte de combustível em todo o Estado do Paraná. A medida vale para todos os derivados do petróleo: gasolina, óleo diesel, querosene e gás de cozinha, além de etanol.

“O diálogo no Paraná está prevalecendo e mais uma vez somos protagonistas no País ao conseguir a liberação do transporte de todos os derivados produzidos pela Petrobras no Estado”, afirmou.

Na reunião, Cida também confirmou que todas as concessionárias de pedágio do Paraná já foram notificadas sobre a isenção da cobrança de tarifas sobre o eixo suspenso, conforme determina a Medida Provisória editada pelo governo federal.

Durante o encontro com representantes do caminhoneiros do Paraná, a governadora reforçou a importância do tráfego de produtos de primeira necessidade, que atendam as famílias, e de alimentos que servem à criação animal.

Foi acordado que todos os caminhões identificados com o selo da Defesa Civil, independentemente da carga, devem ser liberados de qualquer obstrução que ocorram nas estradas. "Compreendemos as necessidades e vamos colaborar", afirmou Plínio Dias, presidente do Sindicato dos Caminhoneiros Autônomos de São José dos Pinhais.

O chefe da Casa Militar e da Defesa Civil Estadual, coronel Maurício Tortato, explicou que o processo de negociação com o movimento vem evoluindo desde o último sábado e que muitos avanços já foram conquistados no Paraná, com a permissão de tráfego de diversos produtos de primeira necessidade. “Desde o início negociamos o trânsito de itens prioritários. Agora avançamos”, afirmou.

Ele destacou que todas as cargas consideradas essenciais poderão circular pelo Estado e ressaltou que no meio da tarde desta segunda-feira pelo menos 34 caminhões com combustíveis já abasteciam postos da região de Curitiba. “A medida vale para todo o Paraná. Esperamos que em dois dias o abastecimento de combustíveis esteja restabelecido em todas as regiões do nosso Estado”.