Candidatos de Maringá mantém tom cordial no último debate antes das eleições

Fernando Garcel


Com Metro Jornal Maringá

Os candidatos à prefeitura de Maringá, Silvio Barros (PP) e Ulisses Maia (PDT), tiveram, na noite de quinta-feira (27), uma das últimas oportunidades para apresentarem suas propostas na TV em debate promovido pela TV Maringá Band. O embate ao vivo, que durou duas horas e meia, foi mediado pelo jornalista Fabrício Binder e transmitido simultaneamente aqui no Paraná Portal.

Em um formato mais solto, com temas livres, os candidatos falaram sobre os principais assuntos abordados durante a campanha eleitoral. Apesar da reta final da campanha, os dois candidatos mantiveram um tom cordial ao longo do debate e evitaram ataques pessoais.

Ao longo do programa, Silvio Barros procurou ressaltar os pontos positivos das duas gestões que teve como prefeito. Por outro lado, Ulisses Maia não poupou críticas a alguns programas do ex-prefeito e manteve o discurso de inovação, renovação e transparência.

> Com escolas ocupadas, Justiça altera locais de votação no PR
> Debate se resume a troca de ataques entre Greca e Ney

Já era madrugada de hoje quando o debate terminou. No último bloco, o espaço foi para as considerações finais. “Neste momento de crise em que o país vive, é preciso saber como fazer e a gente já mostrou que sabe”, destacou Silvio Barros, candidato do PP. “Sendo prefeito de Maringá, nós vamos transformar essa cidade na melhor do Brasil, para todos os maringaenses”, prometeu Ulisses Maia, do PDT.


As propostas dos candidatos à prefeitura de Maringá

debate band maringá ulisses maia silvio barros
Foto: Gustavo Lang / Metro Jornal Maringá

Educação

Silvio Barros: Vamos construir novas escolas e creches que ficarão abertas após as 18 horas. Paralelamente, serão implantados o ensino em tempo integral em 100% das escolas, novas atividades no contraturno escolar, canais de comunicação entre pais e professores que serão valorizados com melhores condições e treinamentos.

Ulisses Maia: Entre as prioridades estão o fim das filas de espera para os CMEIs, que oficialmente tem mais de 2.500 crianças. Também vamos adequar os horários para atender as famílias que trabalham até as 18h. Para melhorar qualidade do ensino, temos como meta oferecer educação integral a todos os alunos da rede, ajustar a quantidade de alunos por sala e incluir atividades sobre cidadania, finanças, ética, empreendedorismo e libras. Vamos criar um sistema de atendimento médico e psicológico nas escolas e garantir qualidade no ensino dos alunos da educação especial. Os diretores das escolas serão escolhidos por eleição direta e os servidores da educação terão novo plano de carreira.

Saúde

Silvio Barros: Implantaremos o Programa Sem Espera, com mais de 8 mil consultas-mês no Centro Regional de Especialidades, com 60 médicos atendendo 12 horas por dia. Promoveremos mutirão para atender todas as consultas especializadas pendentes e implantaremos serviços para facilitar o acesso ao atendimento, com agendamento nos Postos de Saúde. Além do Mãe Online, o acompanhamento de Idosos e o Check-up + 50.

Ulisses Maia: Vamos começar zerando a fila para consultas especializadas. Nós contrataremos 5 mil consultas, pagando R$ 70 cada uma, para atender as mais de 3 mil pessoas que hoje aguardam o atendimento. Os postos de saúde passarão por uma adequação e todos os servidores do setor vão ter jornada de trabalho de 30 horas. O Complexo de Saúde Mental vai funcionar 24 horas e o Hospital Municipal readequado para funcionar com capacidade máxima. Daremos atenção especial também às comunidades terapêuticas de combate aos vícios em drogas.

Segurança Pública

Silvio Barros: Acionaremos o Programa Maringá em Paz. Para resultados imediatos adquiriremos viaturas para a Guarda Municipal, que a princípio serão cedidas para a PM. Implantaremos a Patrulha Maria da Penha, iluminação de LED, além de ações antidrogas e contra os abusos sonoros. Também valorizaremos a GM e instalaremos o Sistema Integrado de Monitoramento que agregará novas câmeras nos bairros.

Ulisses Maia: Vamos dobrar o efetivo da Guarda Municipal, que vai trabalhar armada e terá postos avançados. Os guardas vão fazer a vigilância do patrimônio público e ajudar no policiamento das ruas e também próximos das escolas.

Mobilidade Urbana

Silvio Barros: Visitada por administradores municipais em busca de boas práticas e iniciativas de sucesso, Maringá é uma das cidades do Paraná mais adiantadas na solução de problemas de mobilidade urbana, com asfalto recuperado, implantação de binários, humanização do trânsito com respeito à faixa de pedestres, aumento e interligação de ciclovias.

Ulisses Maia: Vamos construir o Terminal Intermodal, criar mais linhas e horários de ônibus, incluindo a circulação durante a madrugada. A maioria dos pontos vai ter abrigo. Faremos uma auditoria, com revisão do contrato de concessão da TCCC, para o transporte ter melhor qualidade, mais eficiência e tarifa menor. Também implantaremos ciclovias bem planejadas, com critérios técnicos e de segurança. A engenharia de trânsito será reestruturada, para melhorar o trânsito e reduzir acidentes e poluição ambiental.

Meio ambiente

Silvio Barros: Implementamos exemplos que são replicados em toda a região. Mapeamos e protegemos fundos de vale e nascentes, resolvemos erosões crônicas nos parques. O Alfredo Nyffeler foi modernizado. Em 2017, implantaremos EcoPontos para descarte de grandes volumes e o Disque Descarte que acabará com lixo amontoado em calçadas, canteiros, fundos de vale e terrenos baldios. Vamos executar o Plano Diretor de Arborização para cuidar do nosso patrimônio verde e atender as demandas quanto a cortes, plantios e podas. Vamos construir o Centro de Bem-Estar Animal para hospedar animais encontrados à solta e ampliar as Hortas Comunitárias.

Ulisses Maia: Teremos um Plano diretor da arborização e faremos um manejo responsável das árvores. Haverá coleta de 100% do lixo reciclável, com instalação de pontos para o serviço ser mais eficiente e barato. Negociaremos a reabertura ao público do Horto Florestal.

Urbanização

Silvio Barros: Temos um planejamento para modernização da Praça Napoleão Moreira da Silva, ganhando estacionamento público subterrâneo, remodelação da Praça do Centro de Convivência Renato Celidônio, com readequações e melhorias para receber as festas das Nações, Canção, Expoflor, Carros Antigos e outros eventos.

Ulisses Maia: Na gestão, terá planejamento técnico, sem qualquer interferência política, para manter controle rígido sobre o crescimento da área urbana do município

Cultura

Silvio Barros: Realizaremos anualmente o FemuKids. Para estudantes de até 15 anos, vamos estimular novos valores na área instrumental e de canto. Ampliaremos o Convite à Cultura, com eventos gratuitos envolvendo a comunidade na apresentação de artistas reconhecidos e oficinas e apresentações de dança, música, cinema e artes visuais, eventos culturais estendidos aos bairros.

Ulisses Maia: A nossa proposta é reformar o Cine Teatro Plaza, que será usado para eventos culturais. Vamos construir uma ampla biblioteca pública no centro da cidade. Vamos descentralização as atividades culturais, com programação nos bairros.

Turismo

Silvio Barros: Vamos criar mais atrativos e proporcionar infraestrutura para o turismo de negócios, inclusive através do tão ansiado Centro de Convenções

Ulisses Maia: Vamos transformar as áreas verdes em locais de turismo sustentável e apoiaremos a realização de eventos nesses locais

Desenvolvimento econômico

Silvio Barros: O Desenvolvimento econômico dará um salto com a implantação do novo Parque Industrial, maior que todos os parques públicos já implantados, com o Polo Aeronáutico do Paraná, Tecnoparque e ampliação do aeroporto regional para estimular as importações e exportações, que gerarão renda e empregos. Tendo em vista as dificuldades pelas quais passam as empresas em no país, também será promovido um Refis municipal.

Ulisses Maia: O nosso projeto é o trabalho com o objetivo de consolidar o Polo Tecnológico, com inovação para a geração de empregos e renda. Concluiremos a Cidade Industrial, com condições para a instalação imediata de empresas. Também construiremos o Centro de Convenções e Eventos, com a capacidade exigida por uma cidade da grandeza de Maringá. Ampliaremos o terminal de passageiros do Aeroporto. Incentivaremos o Codem a manter uma busca permanente de novos projetos para o desenvolvimento econômico.


Mudança nos locais de votação em Maringá

Com a ocupação de escolas por estudantes que protestam contra as reformas propostas pelo presidente Michel Temer, a Justiça determinou a mudança dos locais de votação do segundo turno em Maringá, Curitiba e Ponta Grossa. Como há prazos legais a serem cumpridos, os novos locais já foram definidos e não serão alterados mesmo em caso de desocupação das escolas antes da data das eleições.

Em Maringá, 337 seções tiveram seus locais de votação remanejados para escolas municipais e particulares, universidades, creches, salões paroquiais e associações. “Procuramos espaços próximos ao local original de votação para não causar muito transtorno ao eleitor. Em alguns bairros, como no centro, a distância será bem pequena”, afirmou a chefe da 137ª Zona Eleitoral, Elaine Berbete.

Confira abaixo, um mapa interativo com as mudanças anunciadas pela Justiça. No canto superior esquerdo, você pode buscar a Zona Eleitoral, o antigo e novo local de votação.

Previous ArticleNext Article