Política
Compartilhar

Ciro prevê Temer preso e rejeita aliança com ladrão

Por Daniel Carvalho e Marina DiasO presidenciável do PDT, Ciro Gomes, disse nesta quarta (6) que o presidente Mic..

Folhapress - 07 de junho de 2018, 06:49

Foto: Pedro Ladeira / Folhapress
Foto: Pedro Ladeira / Folhapress

Por Daniel Carvalho e Marina Dias

O presidenciável do PDT, Ciro Gomes, disse nesta quarta (6) que o presidente Michel Temer será preso e que o MDB é o único partido com o qual descarta alianças. Ele também fez críticas ao deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ), a quem chamou de tresloucado, boçal despreparado e câncer.

"Peguei um tempo em que estava em pleno comando da Câmara o Michel Temer e o Eduardo Cunha, batendo bola um com o outro para roubar a nação. Fui processado por ambos. Um já está na cadeia e o outro vai", afirmou em sabatina promovida pelo jornal Correio Braziliense.

Em seguida, elencando todos os governos de que o senador Romero Jucá (MDB-RR) foi líder -de FHC a Temer-, ele afirmou que descartava aliança com o MDB. "Se deixar a porta aberta, vai vir abanando o rabo, mas está avisado que por esta porta não entra. Ladrão do PMDB desorienta o debate desta forma". "Temos obrigação de extirpar este câncer enquanto ele pode ser extirpado."