Política
Compartilhar

Coaf aponta que Flávio Bolsonaro pagou título de R$ 1 mi sem indicar favorecido, diz jornal

O Jornal Nacional exibiu, em sua edição deste sábado, uma reportagem sobre um novo trecho do relatório do Conselho de Co..

Fernando Garcel - 19 de janeiro de 2019, 21:19

***FOTO DE ARQUIVO*** DF - Brasilia - 04/12/2018 - Flavio Bolsonaro, senador eleito PSL.  (Foto: Mateus Bonomi/Agif/Folhapress)
***FOTO DE ARQUIVO*** DF - Brasilia - 04/12/2018 - Flavio Bolsonaro, senador eleito PSL. (Foto: Mateus Bonomi/Agif/Folhapress)

O Jornal Nacional exibiu, em sua edição deste sábado, uma reportagem sobre um novo trecho do relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que apura as movimentações bancárias atípicas de Flávio Bolsonaro. Nesta semana, o senador eleito recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF), alegando foro privilegiado, para suspender a investigação.

Segundo a reportagem, o relatório aponta um pagamento de R$ 1.016.839 de um título bancário da Caixa Econômica Federal a um favorecido que não foi identificado.

O relatório também aponta que as movimentações financeiras do filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, são semelhantes aos operações realizadas pelo seu ex-assessor, Fabrício Queiroz.

Nesta semana, o órgão também encontrou movimentações financeiras suspeitas nas contas de Flávio. Foram 48 depósitos em dinheiro feitos em caixas de autoatendimento da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), totalizando R$ 96 mil, em cinco dias.

> Coaf aponta 48 depósitos suspeitos na conta de Flávio Bolsonaro

Segundo o documento obtido pelo Jornal Nacional, o Coaf encontrou semelhanças no modus operandi das contas de Queiroz e Flávio Bolsonaro, apesar das datas serem diferentes. Os depósitos e saques eram realizados em caixas da Alerj, feitos sempre em espécie e com valores fracionados.