Política
Compartilhar

Com PowerPoint do MPF, Greca acusa Fruet de receber apoio dos protagonistas da Lava Jato

Durante coletiva de imprensa convocada pela prefeitura de Curitiba, nesta segunda-feira (30) para apresentar as dividas ..

Andreza Rossini - 30 de janeiro de 2017, 16:01

Durante coletiva de imprensa convocada pela prefeitura de Curitiba, nesta segunda-feira (30) para apresentar as dividas deixadas pela gestão anterior, o atual prefeito da capital Rafael Greca (PMN) acusou o ex-prefeito Gustavo Fruet (PDT) de cometer crime de responsabilidade fiscal ao aumentar em 70% os gatos com pessoal enquanto o caixa municipal teve aumento de 28% e apontou uma dívida de R$ 1,2 bilhão da administração municipal.

Além disso, o PowerPoint criado pela secretaria de comunicação é semelhante ao polêmico slide utilizado pelo procurador do Ministério Público Federal (MPF) Deltan Dallagnol, quando apresentou as acusações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Questionado, o prefeito municipal brincou e afirmou que "o secretário de comunicação gostou do slide, achou didático" e, em seguida, atacou "também porque a gestão de Fruet foi uma gestão apoiada pelos principais protagonistas do processo da Lava Jato".