Copel Telecom é vendida por R$ 2,395 bilhões a fundo de investimentos

Vinicius Cordeiro

copel telecom privatizada bordeaux fundo de investimento leilão

A Copel Telecom foi privatizada nesta segunda-feira (9) com a venda de 100% das ações por R$ 2,395 milhões em leilão realizado na B3, a bolsa de valores de São Paulo. Quem arrematou a empresa foi o Bordeaux Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia, que investiu praticamente R$ 1 bilhão a mais do valor avaliado (1,4 bilhão). Ou seja, o ágio foi de 70,94%.

A companhia, que pertence à Copel (Companhia Paranaense de Energia), é líder no mercado de fibra ótica no Paraná e foi a última estatal de telecomunicações do país a ser privatizada.

Foram quatro grupos de investimentos interessados no leilão. O fundo Bourdeaux teve a Algar Soluções em Tic S/A como principal concorrente, que chegou a oferecer R$ 2,385 milhões. O Consórcio Calgary e o Consórcio Economia Real Telecomunicações foram os outros dois interessados.

A Copel Telecom atende os 399 municípios paranaenses e tem cerca de 170 mil clientes. No ano passado, a receita da empresa foi de R$ 410 milhões. Segundo o governo, o valor arrecadado no leilão será investido na geração, transmissão e distribuição de energia da Copel.

O governador Ratinho Junior (PSD) esteve presente no leilão da B3. O governo estadual ainda pretende privatizar a Compagás, a Ferroeste e os pátios do Detran. No entanto, vale lembrar que a Copel Telecom é a primeira privatização de uma empresa paranaense desde o Banestado, em 2000.

“Este é um dia importante e emblemático para o Paraná, que depois de 20 anos retoma, com credibilidade e transparência, a privatização de parte de seus ativos. É o pontapé de um grande pacote de modernização do Paraná, que trouxe ao mercado uma empresa redonda, dentro de um setor competitivo como é o de telecomunicações”, declarou Ratinho Junior.

Governador Ratinho Junior durante leilão na B3. (Rodrigo Félix Leal/AEN)

FUNDO DE INVESTIDORES QUE COMPROU AÇÕES DA COPEL TELECOM É A MESMA DA SERCOMTEL

A Bordeaux Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia, que arrematou a Copel Telecom hoje, foi o fundo de investimentos que comprou as ações do Sercomtel (Serviço de Comunicações Telefônicas de Londrina), operadora de telefonia fixa, móvel e banda larga, em agosto.

Naquele mês a Bordeaux privatizou com ágio de 900% do valor mínimo da companhia, que pertencia à prefeitura de Londrina e também à Copel.

Previous ArticleNext Article