Coronavírus: Paraná proíbe cortes de luz, água e gás durante pandemia

Vinicius Cordeiro

Segundo o governador Ratinho Junior, o Estado vai regulamentar o pagamento parcelado das dívidas geradas durante a crise da Covid-19.
paraná lei água luz gás coronavírus

O fornecimento de luz, água e gás não pode ser interrompido no Paraná enquanto durar a pandemia do coronavírus. A lei foi sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior (PDT) nesta quinta-feira (23).

A medida atende o projeto de lei número 167/2020 foi aprovada pelos deputados estaduais no dia 13 deste mês e agora entra em vigor.

A lei também proíbe a cobrança de taxas adicionais para o atendimento, por parte dos planos de saúde, de pacientes com coronavírus. Além disso, os estabelecimentos de saúde da rede privada também não podem recusar pessoas suspeitas de contraírem a Covid-19.

Também foram incluídas na proposta que as operadoras de planos de saúde estão proibidas de cobrarem taxas adicionais de pacientes em exames, internamentos, isolamentos e outras medidas relacionadas ao combate do coronavírus.

Anteriormente, a Sanepar e a Copel, responsáveis pelo serviços de água e luz no Paraná, já tinham anunciado que não iriam suspender o fornecimento por falta de pagamento. Contudo, os valores serão cobrados normalmente, inclusive com juros.

Contudo, segundo o governador Ratinho Junior, o Paraná vai regulamentar o pagamento parcelado de dívidas geradas durante o período do coronavírus. Na visão dele, a medida atende principalmente a população em situação mais vulnerável.

“É uma medida muito importante que só reforça a preocupação do Governo com a área social, principalmente com as famílias mais humildes. O Estado tem se dedicado muito a amenizar o impacto de toda essa questão econômica decorrente da pandemia”, finaliza Ratinho.

De acordo com o balanço da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), o Paraná tem 1.063 casos confirmados e 58 mortes por coronavírus.

Previous ArticleNext Article