Defesa de Lula deve recorrer contra decisão de Fachin

Francielly Azevedo

O advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Cristiano Zanin Martins, disse, por meio de nota, na noite desta sexta-feira (22) que a defesa de Lula irá recorrer da decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). Mais cedo, Fachin suspendeu o julgamento que seria feito pela Segunda Turma do STF para analisar um recurso que pedia a liberdade do petista.

O recurso seria julgado na terça -feira(26) pela segunda turma do STF, composta por cinco magistrados: Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Celso de Mello, Ricardo Lewandowski e Fachin.

Antes disso, a vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargadora federal Maria de Fátima Freitas Labarrère, decidiu admitir apenas o recurso especial do ex-presidente para ser analisado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). A desembargadora, entretanto, negou admissibilidade ao recurso extraordinário, que seria analisado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“A defesa do ex-presidente Lula recorrerá das decisões proferidas hoje (22/06) e estranha que o TRF4 tenha analisado a admissibilidade do recurso extraordinário às vésperas do julgamento marcado pela presidência da 2a. Turma do STF para analisar o pedido de liberdade do ex-presidente.


A decisão do TRF4 foi proferida poucas horas após a defesa de Lula haver apresentado à vice-presidência da Corte, em audiência, memorial demonstrando a presença de todos os requisitos para a admissibilidade dos recursos especial e extraordinário interpostos em 23/04”, diz a nota.

Post anteriorPróximo post
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Repórter do Paraná Portal e Rádio CBN. Tem passagens pela TV éParaná, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina.
Comentários de Facebook